Galette de morango (torta aberta rústica francesa de morangos)

Galette de morangos – uma torta francesa rústica, aberta, simples – ela dá pra gente mais do que a gente espera dela (entendemos isso na primeira garfada, quando flutuamos através de um prazer gentil para algum strawberry fields forever que existe dentro da gente).

Junte 1 e 1/3 de xícara de chá de farinha de trigo, 1 pitada de sal, raspas de meia laranja, 3 colheres de sopa de açúcar cristal e 80g de manteiga gelada cortada em cubos. Bata num processador (ou misture com as pontas dos dedos, incorporando a manteiga nos secos) até obter uma farofa. Adicione 3 colheres de sopa de creme de leite e 1 de água gelada, misture. A massa fica meio pegajosa mesmo, mas se ficar muito coloque um tico mais de farinha. Faça uma bola e coloque ela entre 2 folhas de papel manteiga ou filme e abra/aperte deixando no formato de um disco. Coloque na geladeira por 1 hora.

Tire a massa da geladeira, disponha em uma fôrma untada ou antiaderente, coloque morangos cortados no centro. Ajeite as laterais fazendo bordas. Leve para o congelador e deixe 10 minutos. Tire.

Misture 1/2 colher de sopa de manteiga derretida com 1/2 de açúcar, dissolva e regue os morangos com isso. Pincele as bordas com leite. Asse em forno pré-aquecido à 200 graus por cerca de 40 min ou até dourar as bordas.

Sirva morna ou fria, sozinha ou com sorvete, ou chantilly, ou com uma colherada de mascarpone (clique aqui e veja como fazer o seu mascarpone em casa).

Boa viagem ao seu Strawberry fields forever.

Torta de morango, a clássica.

Torta de morango, clássica, para ir até o Strawberry fields forever que fica dentro de você. Mas dessa vez, compartilho aqui só a receita, sem narrativas emocionais – a paz profunda de fazer uma torta de morango não será dita por mim hoje, essa experiência é bem pessoal e terá que vir da sua narrativa singular. Tem coisas que você só vai encontrar em você e na sua experiência pessoal, nunca no Instagram contado por alguém.

Ingredientes:

Massa:

  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 110g de manteiga gelada em cubos
  • 3 colheres de sopa de água gelada – mais se precisar.

Recheio (creme de confeiteiro):

  • 250 ml de leite
  • 200g de creme de leite
  • Extrato de baunilha
  • 4 gemas
  • 5 colheres e meia de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • Morangos (cerca de 500g)

Modo de preparo:

A massa:
Junte todos os ingredientes, exceto a água. Mexa/pressione com os dedos até ter uma farofa solta. Junte a água e mexa apenas para incorporar, até formar uma bola (se ficar muito seco, coloque mais água). Faça uma bola, cubra com papel filme e deixe na geladeira por 1 hora.
Abra a massa, coloque em uma fôrma cobrindo todo o fundo e um pouco das laterais, faça furos com um garfo e asse cerca de 25 min (ou até dourar levemente) em forno pré-aquecido à 180 graus. Deixe esfriar.

O recheio:
Em uma panela coloque o leite, o creme de leite e o extrato ou fava de baunilha. Leve ao fogo, quando levantar fervura desligue e tampe para infusionar. Enquanto isso: bata as gemas com o açúcar, até ficar claro e fofo. Adicione o amido e a farinha e misture. Coloque então uma concha da mistura de leite quente para “temperar”. Enquanto coloca essa concha mexa sem parar (isso é para cozinhar as gemas sem talhar). Junte depois tudo com o leite na panela e leve ao fogo baixo, cozinhe mexendo sempre. Quando levantar fervura deixe mais 2 minutos e pronto. Coloque em um prato, cubra com papel filme e deixe na geladeira 1 hora.

Massa e creme estando frios, monte, colocando todo o creme sobre a massa e cobrindo com os morangos, cortados de um jeito elegante, que valorize seu frescor belo. Pronto. Strawberry fields forever.