Receita de molho de tomate rústico com linguiça toscana! Para honrar uma boa massa.

20150813_211318

Artesanal – feito com a mão, produção humana, nossa alma direto no contato com a natureza, transformando-a. Fazer em casa molho de tomate ao invés de comprar pronto é um exercício de encontro com o mundo natural que fazemos parte – na era industrial e instantânea, fazer em casa a refeição, de forma lenta e intensa, é um ato revolucionário. Compre tomates, transforme-os em molho. Essa receita é simples, um bom molho rústico que respeita a totalidade do tomate, acrescido de linguiça toscana – explosão de sabor autêntico! Uma boa massa com esse molho é emocionante e protagoniza qualquer refeição. Vem ver!

Obs: Receita para usar em aproximadamente 400g de massa, ou para o que você quiser.

Como fazer:

Primeiro: Corte em rodelas a quantidade de linguiça toscana que você quiser no seu molho – para cada receita use pelo menos 2, eu uso umas 4. Doure-as no azeite, para ficarem assim ó:

20150813_180311

Então reserve-as e faça o molho! Clique aqui e siga exatamente essa receita de molho de tomate caseiro simples. Após finalizar essa receita de molho, jogue as linguiças dentro e deixe que fervam juntos em fogo baixo por cerca de 10 minutos (coloque mais água se necessário para não secar muito durante esses 10 minutos). Prontinho! Sirva e seja feliz comendo sua obra artesanal, com sua alma dentro.

20150813_212241

Sugestão: Penne com o molho de tomate rústico com linguiça toscana.

Anúncios

Batata-doce e cenoura assada com azeite – Rústico, puro, genuíno.

image

Não é apenas de pratos elaboradíssimos que podem vir experiências gastronômicas incríveis. A simplicidade pode fornecer algo mágico se estivermos prontos para notar o sabor puro e simples da natureza, do ingrediente em sua forma e composição singular. A sensibilidade ao simples nos fornece a chance de uma viagem pelas propriedades do ingrediente, notando a alma dele. As cenouras e batatas-doces da imagem forem feitas da seguinte forma: Foram colhidas, apreciadas, lavadas, cortadas com carinho em cortes rústicos. Coloquei azeite em uma forma, por cima as batatas e cenouras, depois reguei com mais azeite. Assaram por cerca de 20 a 30 mintos a 190 graus, tirei do forno, notei se estava no ponto, estavam perfeitas. Coloquei flor de sal por cima e comi – comi a batata, a cenoura, o azeite e a flor de sal – as senti, pensei na natureza, senti gratidão, me conectei a algo de antigo do mundo, algo rústico, puro, real e genuíno. Nunca vou esquecer o gosto dessa cena inteira.