Ostara, Easter, Páscoa – Porque coelhos e ovos de chocolate? Confira origem da tradição e ainda seleção de 10 receitas sensacionais para sua páscoa!

Ostara

Imagem: Site Santuário Lunar

Ostara, Easter, Páscoa. O termo “Páscoa”, vem de “Ostara”, deusa escandinava da primavera – estação do ano que no hemisfério norte se inicia próxima à celebração da Páscoa. Antes mesmo do cristianismo, o dia de Ostara era a celebração do primeiro dia de primavera, do fim do inverno e retorno do sol, do florescimento e renascimento da natureza – o cristianismo uniu essa simbologia de “renascimento da natureza” a ressurreição de Jesus, fato hoje que universalmente simboliza a páscoa. Na antiguidade, o povo anglo-saxão pintava ovos e os oferecia a Ostara, sendo que o ovo sempre simbolizou vida, nascimento, assim como o coelho também era relacionado a Ostara, simbolizando fertilidade e fecundidade na natureza. Daí vem a origem dos ovos e do coelho da páscoa, que eram muito antes os “ovos e coelhos de Ostara”. A criatividade humana tornou os ovos de Ostara em ovos de chocolate, criando uma intima relação desse ingrediente com toda a simbologia que envolve a Páscoa, os ovos, o coelho, a primavera e o renascimento. Por isso Páscoa tem tom de chocolate (do qual os ovos de Ostara deliciosamente acabaram sendo feitos) – a gastronomia tem sempre símbolos e marcas que contam a história da humanidade. Isso é sempre emocionante.

20150611_145444

Para celebrar toda a simbologia da Páscoa com, claro, chocolate, fiz uma seleção de nossas melhores receitas que envolvem chocolate! Chocolate também é renascimento, é símbolo, e é maravilhoso… Veja abaixo a seleção com todo amor do mundo:

Para acessar as receitas basta clicar no link!

Receita de Ovo de Páscoa de Colher sabor Oreo

Receita de Ovo de Páscoa de Colher Trufado de Laranja

Receita de Ovo de Páscoa de Colher de Brigadeiro Gourmet

Receita de Gâteau au Chocolat (Bolo de chocolate cremoso sem farinha)

Receita da tradicional Mousse de Chocolate Francesa

Bolo Lava de Chocolate (Moelleux au Chocolat)

Receita de Brigadeiro Gourmet

Receita de Cookies Double Chocolate

Torta Mousse de Chocolate

Receita de Bolo Double Chocolate com Azeite de Oliva

Ostara winter

Ostara – Lavando o adormecimento da terra durante o inverno e trazendo o florescimento e renascimento da natureza.

Anúncios

Como fazer ovo de páscoa de colher trufado de laranja.

Chocolate com laranja pra mim é uma das histórias de amor mais profundas que esse mundo já viu. Dá tão certo que chega a ser uma ousadia. Fiz uma trufa de laranja que boa é pouco e usei ela pra rechear a casca do ovo que eu também fiz, com chocolate amargo que foi devidamente temperado pra ninguém botar defeito.  É um crime de tão bom, me ajuda. E não é difícil, na verdade é tão fácil fazer esse ovo que eu compartilho essa receita com um puta orgulho e alegria porque é receita acessível, você só precisa estar com vontade de tentar e se divertir enquanto tenta – repare que quero muito te convencer do quanto é bom fazer seu ovo de páscoa em casa, você se sente de algum jeito mais livre e feliz quando vê que fez ao invés de comprar pronto. Se tiver crianças em casa, elas vão amar fazer junto com você e terão uma memória muito mais profunda que aquela que ela teria ganhando o ovo caro do mercado. Faz um dia, se não for nessa páscoa, que seja em alguma, mas faça, é algo que a gente lembra pra sempre.

A receita é para fazer um ovo de colher desse da foto, tamanho médio (casca de 170g) que recheado chega a pesar cerca de 400g.

Você precisa fazer a casca do ovo e o recheio. Você pode comprar a casca pronta e só fazer o recheio, mas claro que é muito mais legal fazer tudo.

A casca do ovo: Clique aqui e confira a receita onde ensino como fazer a casca do seu ovo de páscoa de colher, com todos detalhes sobre o manuseio adequado do chocolate e temperagem. 

Agora, vamos a receita do recheio trufado de laranja!

Ingredientes (Quantidade para rechear 1 metade de ovo no tamanho acima dito):

  • 165g de creme de leite fresco
  • Raspas de meia laraja
  • Suco de meia laranja
  • 150g de chocolate meio amargo picado
  • 1 colher de chá bem cheia de manteiga (10g aproximadamente)
  • Uma pitada bem pequena de sal

Modo de preparo:

Coloque o suco de laranja em uma frigideira e leve ao fogo, deixe reduzir pela metade do volume, reserve. Em uma panela, acrescente o creme de leite e as raspas da laranja, quando levantar fervura desligue e tampe para acontecer uma infusão, espere uns 5 minutos. Depois acrescente o suco de laranja reduzido e tampe, deixando ali por mais 5 minutos, em fogo desligado.

Após esse descanso aqueça de novo o creme de leite e desligue quando levantar fervura. Coloque o chocolate picado em um recipiente e despeje o creme de leite quente por cima. Não mexa, deixe ali por 5 minutos para que o chocolate derreta adequadamente e não se agite. Após esse tempo misture tudo, acrescente a manteiga em temperatura ambiente e o sal, misture mais, até tudo incorporar. Leve então à geladeira para esfriar um pouco – precisa estar frio (não gelado) para rechear o seu ovo.

Pronto, senhores. É só usar essa trufa linda pra rechear seu ovo, e enfeitar usando sua criatividade. Eu coloquei 3 brigadeiros por cima porque brigadeiro sempre é bom. Mas se você deixar essa trufa mais tempo na geladeira ela fica mais durinha e dá pra você enrolar ela como se enrola brigadeiro. E se quiser, pode polvilhar cacau em pó por cima, eu adoro fazer isso. Seja criativo e feliz para confeitar seu ovo. Feliz páscoa!

O que você faz acontecer quando você compra de pequenos produtores? Uma memória afetiva da minha infância. 

Durante minha infância, minha mãe sempre fez doces para vender. Esse era um trabalho que nos ajudava muito. Em uma páscoa, quando eu tinha 12 anos, fizemos ovos. Era minha mãe, uma tia e eu, imersos no chocolate, horas e horas fazendo ovos, trufas, bombons e pirulitos. Tivemos mais encomendas do que imaginávamos e ficamos tão felizes – elas trabalhavam muito e muito alegres, pra mim era mágico estar ali, todo aquele trabalho era feito com uma energia profunda, cada pedido importava muito pra gente. Quando entregávamos cada encomenda era com um orgulho gigante, era nossa obra, feita pelas nossas mãos. Naquela páscoa o dinheiro das vendas foi muito importante pra nós. Por conta da ajuda que dei, minha mãe e minha tia me deram um valor – eu fiquei tão feliz, lembro que fui em uma livraria e comprei 3 livros que me fizeram companhia por alguns meses, foi bem especial. Estou falando tudo isso para você entender o que é comprar de pequenos produtores – seu dinheiro promove esse tipo de coisa e incentiva algo muito valioso. Fora que comer o que é feito por pessoas e não por máquinas é sempre outra coisa. Nessa foto eu estou em casa, fazendo “à mão” meus chocolates para presentear quem amo. Vou compartilhar algumas receitas com vocês, mas caso não possam fazer seus próprios ovos, pensem bem onde vocês irão comprá-los. Vou também compartilhar no Instagram essa semana o trabalho de alguns produtores pequenos que conheci, trabalhos  de gente que faz com afeto e verdade o que faz. Enfim. O consumo nessas épocas e o dinheiro que a gente gasta pode alimentar coisas bem boas. Pense bem antes de comprar, pense. Logo logo dicas para uma páscoa artesanal, humana e afetiva.

Como fazer Ovo de Páscoa de Colher Sabor Oreo!

20150402_222535

Então vamos falar de chocolate! Nessa época do ano ele penetra nossa alma de um jeito que nem sei. E muito mais divertido e interessante que ir no mercado e comprar um ovo pronto (pagando uma fortuna) é fazer em casa o seu – artesanal, criativo, de qualidade e com sua marca. Ir no mercado e comprar um pronto vai levar uns 30 minutos. Fazer um em casa vai levar no mínimo 2 ou 3 horas, mas a marca que isso vai deixar e a experiência que você terá de sabor, de tempo e de afeto é impagável e vai durar para sempre, mesmo depois que o ovo acabar. Faça em casa, chame alguém para fazer junto, se tiver crianças elas vão amar participar e terão uma memória eterna, bem mais valiosa e interessante que o ovo do mercado com brinquedo. Se topar essa aventura, tem essa receita que eu divido com vocês há 2 anos – Ovo de páscoa de colher sabor Oreo – Um que amo verdadeiramente e sempre faço. Acrescento nele uma misturinha de cream cheese que me faz chorar de bom! E adoro ovo de páscoa de colher, dá para brincar muito mais com a criatividade! Vem, gente! E se divirta fazendo, por favor. Receita aqui!

Ingredientes:

Para a casca do ovo:

  • 1 metade de ovo de chocolate ao leite ou meio amargo (Se você for comprar pronto, é uma metade de um ovo de 350g, ou se for fazer em casa (o que é muito mais legal e eu vou explicar abaixo), você precisará de uma fôrma de ovo de páscoa (tamanho da fôrma para um ovo de 350g, sendo que você usará só um lado da fôrma, para ter uma única casca que pese cerca de 175g) e aproximadamente 200g de chocolate (ao leite ou meio amargo, eu gosto de usar o meio amargo, mas a porcentagem de cacau não pode ultrapassar 60%, após essa porcentagem é mais complicado de temperar e trabalhar. Escolher um chocolate com porcentagem entre 40% e 50% está ótimo).

Para o recheio:

  • Biscoitos Oreo (aproximadamente 6 biscoitos)
  • 2 colheres de sopa de cream cheese
  • 1 colher de chá de açúcar de confeiteiro
  • Meia xícara de creme de leite (use aqueles de lata)
  • Cerca de 250g de chocolate branco
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • 1 colher de sopa (bem cheia) de chantilly.

Modo de preparo:

Primeiro a casca do ovo:

Caso não tenho comprado sua casca de ovo pronta, eu te dou os parabéns e ensino a fazer a sua:

Derretendo e temperando o chocolate:

Todo chocolate que é derretido, para ser moldado novamente precisa ser temperado – isso garantirá que ele mantenha suas propriedades boas intactas e garantirá também um chocolate com estrutura legal e brilho bonito (sem ficar com aquele aspecto esbranquiçado feio após endurecer). O processo de temperagem consiste em aquecer o chocolate até derreter e depois esfriá-lo de novo até uma temperatura adequada para trabalhar e moldar. Vamos ao passo a passo:

Pique as 200g de chocolate em pedaços pequenos (ou raspas) e derreta em banho-maria ou no microondas (em banho-maria é mais adequado para não agredir o chocolate e cuidar melhor da temperatura correta que ele deve atingir).

Se for derreter em banho-maria, é só colocar o chocolate no banho-maria já quente (banho-maria: um refratário que vai dentro de uma panela com água quente no fogo brando). O refratário que o chocolate esteja não deve entrar em contato com a água, se não a temperatura sobe rápido demais e agride a estrutura do chocolate. Mexe delicadamente até o chocolate todo derreter. A temperatura ideal que deve ser atingida é 50 graus para chocolate meio amargo e 45 graus para chocolate ao leite. Se não tiver termômetro, siga seu instinto – ele derretendo todo espere um pouco até ter a sensação de que a temperatuta subiu.

Se for derreter no microondas: Não coloque muito tempo de uma vez, vá olhando e mexendo para não queimar de 30 em 30 segundos, cerca de 2 minutos no total é suficiente para derreter por completo e elevar a temperatura. Após derreter todo retire o refratário do microondas. A temperatura  ideal que ele deve estar também deve ser 50 graus para chocolate meio amargo ou 45 graus para chocolate ao leite.

Agora você precisa resfriar o chocolate, para deixá-lo na temperatura ideal para se trabalhar. Existem muitos jeitos de fazer a temperagem, eu conheço 2:

–  Movimentando o chocolate em uma bancada: Em uma bancada de aço inox ou mármore, coloque metade do chocolate que você tem e mexa ele com uma espátula, pra lá e pra cá, até ver que ele está esfriando (sempre mexa/raspe todo chocolate para não ficar pedaços sem movimentar que possam endurecer). Após esfriar essa metade, coloque de volta na outra metade do chocolate derretido e misture, para que troquem as temperaturas e cheguem no ponto desejado – 32 graus. Pronto, temperou e já pode ser usado.

– Com choque térmico: Coloque o refratário com o chocolate derretido em algum outro recipiente com água gelada. Então vá mexendo o chocolate nesse banho-maria frio, até ele esfriar e atingir também a temperatura ideal: 32 graus. Pronto para uso!

Dica caso você não tenha termômetro culinário: Para checar se está à 32 graus ou pelo menos o mais perto disso, coloque um palito de dente no chocolate e depois toque o chocolate nos lábios – Se estiver um pouco mais frio que seu lábio está bom, se estiver ainda mais quente que seu lábio ainda precisa esfriar um pouco mais.

Com seu chocolate temperado, ora de fazer o ovo: Coloque o chocolate na sua fôrma de ovo de páscoa (lembre-se, você precisará de apenas uma metade), e coloque na geladeira, quando endurecer e o ovo estiver desprendido da fôrma você desenforma (você notará esse ponto observando o fundo da fôrma, o chocolate estará desprendido dela). Deixe então o ovo entrar em temperatura ambiente (uns 20 minutos parado em um lugar de boa ventilação). Então estará pronto para rechear!

Obs: As melhores formas para fazer ovos de páscoa são aquelas com uma parte de silicone, que permite maior acerto na espessura do ovo! E nem é caro, compra dessa!

Agora, como fazer o recheio de Oreo:

Coloque o creme de leite em uma panela e ligue em fogo médio, quando começar a ferver desligue a panela e coloque o chocolate branco. Mexa até que o chocolate derreta por completo (se ficar ainda pedaços maiores sem derreter ligue o fogo um pouco, rapidinho apenas para aumentar a temperatura e derreter tudo). Coloque a baunilha e misture, então deixe na geladeira por uns 20 minutos. Coloque em uma tigelinha o cream cheese e o açúcar de confeiteiro e bata com uma colher até estar misturado por completo (se for fazer uma quantidade maior, para mais de uma metade de ovo, talvez compense bater na batedeira). Acrescente na panela que estava na geladeira essa mistura de cream cheese e o chantilly.  Misture até ficar homogêneo.

Chegou a hora de montar o ovo, o que é bem simples. Coloque o ovo no local onde você o deixará (use sua criatividade para fazer embalagens lindas), então coloque um pouco do creme branco. Pegue cerca de 3 biscoitos Oreo,  triture com as mãos e coloque em cima dessa camada de creme, e em seguida coloque mais uma camada de creme (não precisa pôr toda a mistura tá gente, porque as vezes sobra um pouco – dependendo da profundidade da casca do ovo, então não lote muito para não derramar). E aí é só usar os biscoitos restantes para confeitar em cima! Prontinho! Lindo e delicioso!

Observações: O Cream cheese da um tom de “cheescake” nessa mistura,então se você achar o resultado final do creme branco muito doce, você pode acrescentar um pouco mais de cream cheese batido (mas sempre o acrescente na mistura em temperatura ambiente, nunca gelado e duro se não fica empelotado).

20150402_222602

20150402_223010