Jamile Restaurante – a experiência de assistir a energia da cozinha ir para o prato e depois para você.

A cozinha viva do @jamile_restaurante , que acontece na sua frente enquanto você come (ela fica aberta no salão da casa) exala uma energia incrível, tornando a experiência ali algo muito genial – a energia que você assisti acontecendo na movimentação bonita e harmônica da cozinha vai para o seu prato e depois vai para dentro de você, construindo uma memória boa através do gosto. É emocionante. Sai de lá sinceramente feliz. A comida inteligente do chef @henrique_fogaca74 faz a gente querer aplaudir cada prato – que são modernos, com marca cultural brasileira e generosamente bons. Comi um carré de cordeiro ao molho de vinho do porto com couscous marroquino (foto 1), de entrada palmito pupunha assado em óleo de castanha do Brasil e manjericão (foto 2) e um charuto de chocolate com sorvete de pistache (foto 3). A casa tem um menu autoral de drinks que é um espetáculo a parte. No site do Jamile tem todo o cardápio com preços. Essa experiência foi um convite da @azeitegallo (parceira da casa), fico muito grato por uma noite absoluta de #sabormemoravel !

Site: www.jamilerestaurante.com.br

Endereço: Rua Treze de Maio, 647, Bela Vista, São Paulo – SP

Anúncios

Hot Pork e Sorveteria do Centro – Familia Rueda e a vitalidade para o centro de São Paulo.

Salsicha honesta (100% de porco), catchup de tomate com maçã, mostarda com tucupi, picles de cebola roxa, maionese com limão e pão de leite artesanal. É escandalosamente delicioso, comida sincera. Mas quase tão delicioso quanto é ver uma rua do centro de São Paulo cheia de movimento, vida e encontro. Um centro que em outros momentos (e ainda hoje) foi tão desconsiderado e descuidado, ganha vitalidade quando gente que ama São Paulo decide investir e ver brilho nela, Sou fã do @jeffim_rueda e da @janainarueda1 pela comida que emociona mas também pelo tanto que eles somam valor ao centro dessa cidade que amo tanto. É claro que existe amor em SP, em todos os bairros e eixos, e lugares assim nos ajudam a entender isso. Vai lá, o @hot.pork é muito bom e do ladinho tem a sorveteria do centro, também do casal Rueda, que tem um sorvete encantado que vale a fila! Comida honesta e boa de verdade! ❤ #existeamoremsp

Endereço: Rua Bento Freitas, 454, Campos Elíseos – São Paulo. Aberto todos os dias das 12:00 às 23:00. 

Muza Restaurante (São Paulo). A tradição italiana com um charme moderno de amar forte. 

Descobri ontem na zona sul de São Paulo um restaurante italiano muito bacana que se destaca da maioria da categoria – ao mesmo tempo que apresenta receitas e conceitos tradicionais da intocável e sagrada gastronomia italiana, aquela da “nona”, também tem uma pegada moderna que você sente desde a decoração até a apresentação e composição dos pratos – adoro quando o tradicional e moderno se encontram e se respeitam bem. O tiramisù (R$ 29,00) é sensacional, onde você sente o café e o cacau em harmonia linda. A burrata para entrada (R$39,00) tem a cremosidade generosa que a gente espera e o linguine al mare, com camarões, tomates, limão siciliano e azeite com ervas (R$72,00) tem um frescor que constrói um sabor memorável . Eles também tem um bar de saladas que é uma ideia bem legal! Você escolhe um grelhado, um acompanhamento e vai ao bar de saladas escolher tudo que quer na sua. Super vale a pena conhecer! Mais um endereço incrível em Sampa para uma refeição de nunca esquecer!


A Figueira Rubaiyat (São Paulo). A emoção da figueira, da cozinha primitiva perfeita e da experiência plena em um restaurante.


Sentar para comer abaixo de uma figueira majestosa e centenária, onde seus galhos dançam pelo salão do restaurante te trazendo a genuína sensação de contato com o mundo natural, ao mesmo tempo que também experimenta um delicado e sofisticado ambiente e serviço. Soma-se à isso o conceito belo “do campo à mesa”, você come a carne que veio da Fazenda Rubaiyat e entende o que é um cuidado completo – e sente isso na carne esplendorosa que experimenta, um prato simples mas perfeito, resgatando o tom da cozinha primitiva, é lindo. O mais bonito restaurante do famoso grupo Rubaiyat é emocionalmente impactante, por muitos detalhes. Lembrando que agora a rede toda voltou a pertencer a família Iglesias e tem agora na direção das cozinhas o ilustre chef Daniel Redondo (o espanhol ex chef do Maní).

Com conceito claro e convicto do que apresenta, com sabor memorável e serviço impecável, A Figueira Rubaiyat marca a gente. Gosto muito dos pratos que na real são muito clássicos, resgatando elementos da cozinha antiga e simples, e lá eles fazem isso com grandiosidade e impacto. Quando você olha para o prato é só um pedaço de carne, mas tão cuidado e bem feito que você decide que não precisa de mais nada para ser feliz.

 

Pedi o bife de chorizo (R$139,00), que veio num ponto emocionante e com um equilíbrio perfeito entre crosta e maciez. Variedade agradável de sobremesas, provei um mil folhas com creme de baunilha e doce de leite (R$25,00),  correto e muito equilibrado quanto ao doce, gostei muito!

20171103_221002.jpg

 

Ao pedir um café (R$8,00) ele vem acompanhado de uma torre carinhosa com pequenos docinhos, um mimo que nos abraça.

Experiência plena que faz jus ao preço que se paga. Algumas experiências tão agradáveis e engenhosas são difíceis de precificar na verdade. Recomendado que vá, ao menos uma vez.

 

 

 

 

Rua Haddock Lobo, 1738 – Jardim Paulista, São Paulo – SP, 01415-000

Site: http://rubaiyat.com.br/figueira/

Restaurante Ruella (São Paulo) – Elegante – mas uma elegância ampla que você precisa entender melhor.

Elegância. É a melhor palavra para começar a falar do Ruella. Mas você precisa entender o que compreendo por elegância: Elegância é o que nos faz sentir incríveis – quando alguém ou uma experiência é delicada em cada detalhe com você, acolhedora, gentil, sorridente e doce. Quando algo te faz sentir importante e especial. Ser elegante é evocar um sentimento de conforto e amor incrível em uma pessoa, algo cheio de vida e entusiasmo. O Ruella é elegante. A roupa e o sorriso dos garçons são elegantes, as mesas são, as flores pendentes no teto, a comida (ah, a comida…) é muito elegante, as luzes, a toalha de mesa que você pode desenhar ou escrever algo lindo, as músicas. Muito elegante, a elegância que vem de quando somos servidos e tratados de um modo que nos faz sentir amados e sensacionais. Dá vontade de sentir isso para sempre.

O Ruella é um dos restaurantes franceses mais charmosos e completos que já conheci. Tem tudo que você precisa para ter uma noite mágica. Ele é chique e tem muita vida – chique pra mim funciona quando é assim, com vida e entusiasmo! Um restaurante com preço completamente justificável pela qualidade de tudo que se experimenta lá. Romântico, muito agradável e aconchegante, vale super a pena. O Ruella tem 3 unidades em São Paulo (Ruella da Vila Olímpia, Ruella de Pinheiros e o Ruella Mario Ferraz) o que eu fui foi no Mario Ferraz.

De entrada pedi o bolinho de risoto recheado com gorgonzola e servido com geléia de pimenta bem picante (R$38,80). Incrivelmente bom, muito mais do que se espera de um bolinho. Só achei a geleia muito picante, quebra um pouco, mas é boa.

Na sequência pedi o Salmão ao molho missô com purê de mandioquinha e ragú de cogumelos ao shoyo (R$51,20). Muito, mas muito bom, de comer rezando! Um prato elegante da apresentação ao sabor que proporciona.

De sobremesa provei o Gateau au chocolat servido com chantilly e bisquit de laranja (R$24,80). Uma gracinha de bom!

Um dos melhores (se não o melhor) restaurante francês em São Paulo. Uma experiência alegre, com muita vida, muito, muito indicado!

Ruella

Site: www.ruella.com.br