Massa com molho de queijo e manteiga!

Massa com queijo e manteiga é uma das coisas mais reconfortantes dos cosmos. É muito fácil de fazer e a definição mais legítima de comida que conforta pra mim. É um prato que te abraço, juro. Se um dia precisar fazer um carinho bom em si mesmo, faça uma massa com molho de queijo e manteiga. Esse molho é uma versão próxima do que chamam de “molho alfredo”.

Ingredientes (para umas 2 ou 3 porções):

  • 1 Receita de nhoque ou cerca de 300g de qualquer massa que queira usar (se quiser ver algumas receitas de massas, como nhoque ou massa fresca para macarrão, clique aqui)
  • 3 colheres de sopa de manteiga e mais, se precisar.
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
  • Salsinha ou sálvia fresca picada à gosto
  • 1 concha de água do cozimento da massa
  • Um punhado de queijo ralado (parmesão fresco, canastra, qual quiser)
  • Sal e pimenta-do-reino à gosto

Modo de preparo:

Coloque a manteiga na frigideira com o azeite, espero derreter e junte a erva fresca e misture, quando derreter, borbulhar e um perfume subir coloque 1 concha da água do cozimento da massa e misture, pra virar um caldo grosso amoroso muito amanteigado. Daí nessa frigideira ainda acesa mas em fogo mais gentil e baixo coloque as 300g de alguma massa (eu fiz com nhoque) e também um punhado de algum queijo lindo ralado. Misture. Sal e pimenta. Se achar que precisa de mais manteiga coloque – porque ela nunca será demais. Pronto. Gostoso, reconfortante, cheiroso, simples e traz alegria sincera – tudo que você espera de um crush, tem na massa com manteiga e queijo.

Anúncios

Receita de Nhoque de Batata-doce!

Jatica (que em tupi-guarani significa “fruto enterrado”). Batata-doce. Ipome batatas. Ela adocica nosso paladar de uma forma tão gentil, que tem algo de hipnotizante no sabor dela. Nhoque de batata-doce é um dos meus pratos prediletos. Porque batata-doce está nos traços culturais da nossa história, está nos hábitos mais antigos da minha família, é um alimento muito generoso com a nossa saúde e tem um sabor encantador. Que bom ter batata-doce na nossa existência, a vida é um pouco mais feliz com ela. Aprenda a fazer esse nhoque simples e sensacional. Melhor coisa, sério. Vem fazer e adocica sua vida, meu amor. (Abaixo também dou umas dicas de molhos para acompanhar, mas na foto comi ele apenas com azeite de oliva bom, flor de sal, castanha-do-pará e coentro, minha gente, é bom de um jeito que nem dá pra dizer).

Ingredientes:

  • 1kg de batata-doce
  • Aproximadamente 250g de farinha, o que dá 1 xícara e meia (de trigo normal ou de arroz, eu gosto da de arroz)
  • 3 colheres de sopa de polvilho doce
  • 1 ovo
  • Uma pitada de sal

Modo de preparo:

Cozinhe a batata com casca – corte em pedaços menores para não demorar tanto. Mas não em tão menores para não prejudicar o amido, corte ao meio no máximo em três partes cada batata. Cozinhe no vapor ou em uma panela com água. Eu prefiro no vapor. Depois de cozida tire a casca e amasse toda a batata em uma vasilha grande, fazendo um purezinho. Então acrescente o ovo, a pitada de sal e o polvilho, comece a mexer e vá acrescentando a farinha aos poucos, até obter uma massa homogênea (a quantidade total de farinha depende da umidade, acrescente um pouco mais ou um pouco menos se achar necessário). Não coloque muita farinha, o nhoque é uma massa sensível e molinha mesmo. O segredo do bom nhoque é ter muito mais batata que farinha.

Feito isso, esfarinhe uma superfície e pegue um pedaço da massa e faça rolinhos, cilindros, depois vá cortando os pedaços (pedaços de 2cm são o ideal) – lembre-se de sempre que precisar polvilhar farinha para não grudar, a massa é úmida e bem sensível, gruda fácil, conforme for cortando polvilhe farinha nos pedaços e procure não sobrepor um pedaço no outro, para evitar que grude. Feito isso gente, já ta pronta sua massa de nhoque! Agora é só cozinhar: Ferva água, então coloque os pedaços de nhoque na água fervente, quando subirem a superfície é porque já cozinhou – não deixe passar do ponto, subiu já tira da panela e escorra, é uma massa fresca sensível! Se passar fica molengo demais! Escorra e sirva com o molho de sua preferência!

Seja feliz nesse sabor incrível que o nhoque de batata-doce tem! Seguem abaixo algumas sugestões de molho para acompanhar (clique no link para acessar a receita):

Receita de molho de tomate rústico

Receita de molho de manteiga e sálvia

Molho de cogumelos com vinho branco

Molho de laranja e vinho branco

Molho de laranja e tomilho

Clicando aqui você também confere a receita do tradicional nhoque italiano! Que já ensinei por aqui também! 

Nhoque com molho de manteiga e sálvia!

O molho de manteiga e sálvia se resume em fritar as folhas de sálvia na manteiga. Parece simplérrimo e pouco interessante para alguns, mas esse é o tipo de encontro absolutamente perfeito. A manteiga fica completamente perfumada e intensa e a sálvia fica crocante. Banhar uma massa com esse molho é mais que suficiente para uma experiência incrível. Sobre a poesia do simples, sobre encontros singelos que entregam muito mais do que podíamos esperar.

Para fazer o molho você precisará de apenas:

  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • 16 folhas de sálvia fresca

Para fazer: Coloque a manteiga em uma frigideira em fogo médio. Quando ela estiver derretida por completo adicione as folhas de sálvia e deixe fritar – até as folhas ficarem sequinhas e crocantes e a manteiga atingir um tom castanho – mas não marrom! Prontinho!

IMG-20160326-WA0005

Esse molho fica maravilhoso para regar um nhoque fresquinho feito em casa artesanalmente por você, e basta você clicar aqui sem medo e ver a receita de massa de nhoque que eu ensino a fazer, é mais simples do que você imagina e te fará muito feliz.

IMG-20160326-WA0015

Como fazer Nhoque! – Il vero Gnocchi Italino!

IMG-20160326-WA0004

Nhoque fresquinho servido com molho de tomate caseiro – abaixo tem o link para aprender a fazer esse molho incrível também!

Gnocchi! – Nasceu na cozinha pobre italiana, sendo uma herança positiva dos períodos de guerra, onde a escassez exigia que as pessoas criassem refeições com poucos ingredientes. Assim como a baguete francesa (o pão do povo) o nhoque na Itália surge diante da necessidade de alimentar a família com o que se tinha. Ao longo da história ele se sofisticou, ganhou as batatas, e sua fama ganhou o mundo. Como não amar um nhoque totalmente artesanal, feito em casa pelas suas mãos com amor e humanidade? Como não amar descobrir que essa belezinha é mais fácil de fazer do que parece? Pois é, temos muito para entender sobre o quanto fazer em casa ao invés de comprar pronto pode ser transformador! Lembrando a lei da vida: Nhoque bom tem muito mais batata que farinha de trigo! Com essa informação tudo dará certo!

Ingredientes:

  • 1kg de batatas (as amarelas, mais comuns de encontrar nos mercados no Brasil).
  • 200g de farinha de trigo
  • 2 gemas
  • Sal e pimenta-do-reino à gosto
  • 1 pitadinha de noz-moscada ralada
  • 1 colher de chá de manteiga
  • 2 colheres de sopa de parmesão ralado (o queijo é totalmente opcional!)

Modo de preparo:

Comece descascando as batatas e as colocando para cozinhar – se preferir pode por para cozinhar primeiro e depois descascar, como quiser. Cozinhe em água fervente ou no vapor. Quando estiver totalmente cozida, escorra, coloque em um recipiente e amasse, fazendo um purê. Em seguida, faça um buraquinho no meio do purê e acrescente a farinha, a manteiga, as 2 gemas, o sal e a pimenta, a noz-moscada e o parmesão (se for usar). Misture tudo, fazendo movimentos circulares de dentro para fora, amasse até obter uma massa homogênea. Esfarinhe uma superfície e pegue um pedaço da massa e faça rolinhos, cilindros, depois vá cortando os pedaços (pedaços de 2cm são o ideal) – lembre-se de sempre que precisar polvilhar farinha para não grudar, a massa é úmida e bem sensível, gruda fácil, conforme for cortando polvilhe farinha nos pedaços e procure não sobrepor um pedaço no outro, para evitar que grude. Feito isso gente, já ta pronta sua massa de nhoque! Agora é só cozinhar!

IMG-20160326-WA0015

Ferva água, então coloque os pedaços de nhoque na água fervente, quando subirem a superfície é porque já cozinhou – não deixe passar do ponto, subiu já tira da panela e escorra, é uma massa fresca sensível! Se passar fica molengo demais! Escorra e sirva com o molho de sua preferência! Eu ensino aqui no blog a fazer um molho de tomate rústico caseiro que fica MARAVILHOSO com esse nhoque! Clica aqui e confira a receita!

IMG-20160324-WA0080

Essa receita serve umas 6 pessoas, caso sobre você pode congelar a massa crua (já cortada nos pedaços em formato de nhoque) para preparar outro dia! Enrole-a em um papel filme ou guarde em um pote bem fechado, depois leve ao congelador.

Buon appetito!