Receita da Mousse de Chocolate da Julia Child (Julia’s Mousse au Chocolat).

20150808_104931

Julia Child é um retrato perfeito do quanto revolucionário o ato de alimentar-se pode ser. Ela revolucionou sua história com a culinária, e também a história da gastronomia norte-americana (Clique aqui e veja o que já escrevi com muito amor e respeito sobre Julia, ficará mais legal fazer a receita após ler sobre ela). Conhecer a história de Julia Child foi uma das maiores inspirações que tive para criar o blog. Dividir essa receita é dividir um grande afeto que permeia meu contato com a cozinha, cozinhar algo de Julia é simbólico e sempre será. Receita delicada francesa, deliciosa, equilibrada, eficiente. Já dividi aqui a receita de uma tradicional Mousse de Chocolate Francesa (clique aqui e confira), mas considero essa da Julia mais encantadora e interessante ainda. Ponto importantíssimo: Cozinhe com a alegria e empolgação que a cozinha de Julia representa. Seja feliz fazendo, e bon appétit!

Ingredientes:

Modo de preparo:

Separe as gemas das claras dos ovos. Coloque as gemas em uma panela, fora do fogo, e bata com um fouet até ficarem um pouco mais claras. Em outra panela, coloque o açúcar e o café, dissolva e leve ao fogo até levantar fervura. Então incorpore essa mistura de café e açúcar as gemas aos poucos, lentamente, mexendo com um fouet sem parar (é importante colocar aos poucos e mexer sem parar para que a mistura quente não cozinhe as gemas inadequadamente). Quando finalizar e tudo estiver incorporado, reserve.

Coloque o chocolate em uma tigela e acrescente o rum, derreta em banho-maria ou no microondas.

Leve ao fogo em banho-maria a mistura de gemas, açúcar e café para cozinhar lentamente. Mantenha no fogo por 7 à 10 minutos, mexendo sempre vigorosamente, até a mistura ficar cremosa e com aspecto espumado. Retire então do fogo e leve a batedeira, e bata por 5 minutos. Reserve.

Acrescente no chocolate derretido com o rum a manteiga, e misture tudo para incorporar, até a manteiga estar completamente derretida e incorporada ao chocolate.

Depois incorpore a mistura de gemas à mistura de chocolate, e mexa bem.

Bata as claras em neve (em um recipiente bem limpo e seco). Quando a clara estiver já endurecendo acrescente uma pitada de sal e continue batendo até atingir o ponto exato de clara em neve.

Abra um espaço no recipiente onde estão as claras em neve e acrescente a mistura de chocolate e gemas. Então incorpore DELICADAMENTE as claras em neve a essa mistura, não bata nem mexa muito rápido, e mexa em movimento de baixo para cima – siga isso para não perder a leveza das claras em neve. Faça isso até que toda a mistura esteja incorporada. Em seguida, acomode a mistura nas taças que for servir e leve a geladeira para que adquira firmeza (cerca de umas 2 horas). Daí, é só servir. A experiência de prová-la é algo que deve emocionar.

20150808_103617

Mas que gracinha…

20150808_104925

Bon appétit! E obrigado Julia!

Receita clássica francesa de mousse de chocolate (finalizado com chantilly de cachaça)

A profundidade cremosa e leve de uma mousse bem feita equilibrada com um chantilly de cachaça facinho – ó, chega arrepiar. Com poucos ingredientes e passos simples, você faz esse clássico charmoso francês (e se você é desses que quando ouve “clássico francês” imagina algo complexo, caro, difícil e até grita, para com isso meu bem, e vem cá mudar essa ideia). Adorable!

História do clássico: Mousse em francês significa “espuma”. Uma sobremesa que nasceu no início de 1900, em plena Belle Époque francesa, uma das épocas mais lindas, de onde às vezes eu acho que sou. Inventada pelo artista francês Henri Toulouse-Lautrec, era inicialmente chamada de “maionese de chocolate”.

Um clássico francês. Simples, mas que precisa ser exato. Ovos, manteiga, açúcar (os eternos protagonistas da confeitaria francesa) e chocolate – é tudo que você precisa. Experimente muito mais que o resultado final dessa receita, experimente também a suavidade ao prepará-la – Mergulhe com delicadeza e percepção aos momentos, valores e “encontros” que a cozinha pode te oferecer. Quase todo mundo sorri por fora ou por dentro ao comer uma mousse de chocolate – vamos sorrir então!

Abaixo receita completa escrita, mas se quiser, tem um video no IGTV do meu Instagram @rodrigo.vilasboas com todo passo a passo detalhado. Clique aqui para conferir!

Essa receita rende 4 porções pequenas ou 3 grandes.

Ingredientes:

  • 180g chocolate em pedaços pequenos
  • 5 claras
  • 3 gemas
  • 2 colheres e meia de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de água
  • 80g de manteiga sem sal
  • 1 colher de sopa de licor de laranja (opcional)
  • Para o chantilly de cachaça (que é opcional, tipo um plus meu na receita):
  • Cerca de 100 ml de creme de leite fresco (ou um que bata chantilly)
  • 2 colheres de sopa de cachaça
  • Cerca de 1 colher de sobremesa de mel

Modo de preparo:

Coloque o chocolate e a manteiga em um recipiente e derreta em banho maria até virarem uma coisa só, reserve. Leve uma panela ao fogo e coloque 2 colheres de sopa de açúcar e 2 colheres de sopa de água, ferva rapidamente até virar uma caldinha rala. Coloque as gemas em um recipiente e comece a bater, acrescentando a calda de açúcar quente aos poucos, batendo sempre, até virar uma mistura clara e fofa (o calor da calda irá cozinhar as gemas). Então acrescente essa mistura de gemas na mistura de chocolate, mexa bem para incorporar.

Comece a bater as claras em neve em uma batedeira ou com um batedor. Quando elas começarem a subir acrescente o restante do açúcar (meia colher de sopa) e continue batendo em uma velocidade mais baixa, até atingir o pico duro (em que fica firme e não se movimenta quando você vira de lado o pote da batedeira). Então acrescente metade das claras na mistura de chocolate, mexa delicadamente, com movimentos circulares de baixo para cima. Em seguida acrescente a outra metade e mexa da mesma forma. Delicadeza nessa etapa é o segredo para uma mousse leve como deve ser, então mexa com paciência.

Quando as claras desaparecerem e tudo for cor de chocolate está bom de misturar. Coloque em recipientes e leve à geladeira por no mínimo 2 horas, mas o ideal é umas 6. Antes de servir decore como quiser (peneirando cacau em pó ou com raspas de chocolate). Eu amo finalizar com esse chantilly de cachaça que vou ensinar abaixo, acho que dá um contraste lindo, que equilibra o doce e permite que a gente coma a mousse do inicio ao fim com aquela mesma emoção da primeira colherada.

Para fazer o chantilly de cachaça: Comece a bater o creme, quando começar a ganhar corpo acrescente a cachaça e o mel. Daí é só bater até ficar firme e cremoso. Finalize a mousse com ele por cima e se quiser, jogue um tico de cacau em pó por cima dele

Pronto, lindo e encantdor. Bon appétit!