Batatas Gratinadas Francesas (Gratin Dauphinois)


Gratin dauphinois – as clássicas batatas gratinadas francesas. Gosto muito de alguns antigos clássicos que são simples, feitos com pouca coisa, mas de modo delicado e realmente bom. Saber tratar coisas simples, as combinando com outras coisas igualmente simples que façam sentido, produz pratos capazes de nos emocionar tanto. Pra mim uma das coisas mais lindas da gastronomia é isso, conseguir se emocionar, por exemplo, com uma batata (que foi muito bem tratada).

O nome é gratin dauphinois porque esse prato é originário de Dauphiné, uma antiga província do sudoeste da França.
Rende cerca de 6 porções.

Ingredientes:

  • 1 kg de batatas
  • 300 ml de leite
  • 300 g de creme de leite fresco (pode ser aqueles de latinha)
  • Noz-moscada (Entre 2 e 4 pitadas)
  • Pimenta à gosto
  • 1 colher de chá de mostarda Dijon
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de sopa de manteiga amolecida
  • Se quiser, algum queijo ralado para finalizar (no modo tradicional não vai queijo, mas eu gosto de colocar)

Modo de preparo:

Lave, descasque (se quiser, para esse preparo eu não me importo muito em descascar, não acho fundamental). Corte as batatas em rodelas bem finas, de aproximadamente 3mm de espessura. As rodelas serem finas permite que os sabores penetrem mais nas batatas, além de deixar seu preparo mais delicado e bonito. Coloque elas em uma panela com o leite, o creme de leite, a noz-moscada, a mostarda Dijon, a pimenta e o sal. Cozinhe em fogo médio por cerca de 13 minutos.

Pré-aqueça o forno à 220 graus. Corte o dente de alho ao meio e esfregue-o no interior de uma fôrma média, depois unte-a com manteiga. Após isso coloque a mistura de batatas na fôrma e distribua adequadamente . Se for usar queijo ralado, coloque agora por cima. Leve ao forno por 40 minutos (ou até dourar por cima).

?????

Bon appétit!