Crocantes de caramelo – Uma farofinha mágica para qualquer sobremesa!

Post 1

O sorvete de domingo depois do almoço me fez sentir falta de mais enfeites. Sorvete sem ser enfeitado não traz a mesma felicidade que sorvete enfeitado. Então acho que é um momento inspirador para postar receita de algo que, dentre várias outras aplicações, pode servir para enfeitar sorvete e deixar ele mais produtor de felicidade.

Esses crocantes de caramelo são muito fáceis de fazer, usam utensílios super simples e ficam uma farofinha linda, dando aquele tonzinho sofisticado (de aparência e sabor) nas suas sobremesas! Vamos à receita:

Ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • 2 xícaras de chá não muito cheias de amendoim ou alguma castanha que você ame (use triturados, mas sem ser aqueles que ficam muito farofa, é preciso de pedacinhos grandinhos). Atenção: Esse item é opcional, dá para fazer o crocamte de caramelo sem castanha.
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 2 colheres de sopa de leite em pó

Antes de começar: Unte uma superfície com um pouquinho de óleo (pode ser ferro, mármore, qualquer lugar onde você possa por o caramelo quente para ele esfriar).

Modo de preparo:

Fazer caramelo é tarefa que exige atenção e detalhes. Siga as dicas a risca que tudo tem muita chance de ir bem. Coloque o açúcar todo em uma panela larga que ele possa ter espaço para derreter tranquilamente. Acrescente a manteiga e a baunilha. Espere o açúcar começar a derreter, quando isso acontecer vá movimentando a panela lentamente para mexer o conteúdo e garantir que todo o açúcar vá derretendo por igual. Mexa bem devagar mesmo a panela – agitar demais as moléculas de açúcar enquanto ele derrete não é bom. Quando todo o açúcar tiver derretido e começado a ganhar cor, você pode mexer devagar com uma colher de pau, para misturar tudo. Use seus olhos e nariz: a cor ideal é um âmbar-avermelhado, se passar disso queima e não fica o aroma floral, doce, amargo, emocionante. Quando atingir esse ponto, acrescente a castanha, se for usar. Desligue o fogo e misture rapidamente. Tire a mistura da panela imediatamente e coloque naquela superfície que você untou.

O caramelo precisa ficar próximo a essa cor, se escurecer muito fica amargo!

Figura 1: Momento em que acrescentamos o amendoim. Figura 2: O caramelo esfriando na superfície untada. 

Agora você vai deixar esfriar completamente. Depois que esfriar desprenda o bloco de caramelo da superfície, quebre em algumas partes e coloque dentro de um saco plástico resistente, acrescente dentro do saco o leite em pó e feche. Use um martelo (ou qualquer objetivo pesado que sirva) para bater no saco, triturando o caramelo e criando a nossa linda farofinha. Depois que estiver tudo em pedaços pequenos e com aspecto de farofinha, está pronto para usar!

Rendimento

Da para cobrir um bolo ou uma torta grande (de cerca de 30 cm de diâmetro). Se você for precisar de menos, corte a quantidade de ingredientes pela metade e faça do mesmo jeito.

Dicas

  • Fica uma delícia para usar como cobertura e complementar recheio de bolos e tortas, para colocar no sorvete, ou para qualquer coisa que você queira. Seja criativo, pop, underground e invente!
  • Se posto em local úmido (geladeira) o caramelo umedece, não fica com gosto ruim, mas fica meio grudadinho. Então se o consumo não for demorar muito é melhor ser mantido fora da geladeira mesmo.
  • Não se preocupe com o caramelo grudado em seus utensílios de cozinha. É só deixar de molho na água que o caramelo dissolve e será bem fácil lavar tudo!
Essa é uma torta que eu fiz e cobri todinha com esses maravilhosos crocantes! Que bonitinha, né?

Essa é uma torta que eu fiz e cobri todinha com esses maravilhosos crocantes! Que bonitinha, né?

Anúncios

Receita de Brigadeiro Gourmet!

IMG-20141025-WA0015

Brigadeiro. Tão brasileiro, tão simples e tão paradisíaco! Durante o tempo que fiquei no Canadá fiz algumas vezes e levei para algumas festas, era engraçadíssimo ver o encanto de pessoas que não tinham ideia do que era aquilo (canadenses e amigos de outras nacionalidades) experimentando e em seguida fazendo uma cara de quem achou o convite dourado para a Fantástica Fábrica de chocolate! Esse doce está tão dentro de nossa realidade que seu sabor sem igual é anexo ao nosso paladar e não surpreende tanto mais a gente. Na verdade depende, eu me surpreendo toda vez que como a primeira colherada de uma panela de brigadeiro… não sei como parar de me surpreender com ele.

Hoje ensino a fazer essa receita tradicional de um modo especial (eu estava com saudade de rimar). O segredo são as quantidades exatas e ingredientes de qualidade –  usar manteiga ao invés de margarina, chocolate em pó e não achocolatado, chocolate meio amargo para equilibrar o leite condensado. Exatidão e simplicidade! Vamos lá:

Ingredientes:

Modo de preparo:

Simples e encantador: Coloque todos os ingredientes em uma panela em fogo médio (exceto a manteiga), e vá mexendo sem parar. Quando notar que está quase em ponto de fervura acrescente a manteiga, e continue mexendo.

IMG-20141025-WA0014

O ponto do brigadeiro é quando ele desgruda facilmente do fundo da panela. Então coloque em um prato e deixe esfriar. Depois disso é só enrolar e confeitar usando toda sua criatividade, veja sugestões abaixo! Ou se for o dia de preguiça coma na panela mesmo, eu também amo! Para fazer as bolinhas não esqueça de passar manteiga na mão! Essa receita rende 50 brigadeiros pequenos ou 25 médios!

IMG-20141025-WA0016

Os meus confeitos preferidos são rolar o brigadeiro no cacau em pó e no amendoim torrado moído! No coco ralado também fica muito bom!

20141224_180125

Da para fazer presentinhos lindos com eles!

Como fazer massa para torta doce – A linda mais versátil que existe.

Uma massa para usar em uma infinidade de receitas de torta doce. Eu adoro fazer essa receita porque ela é simples, linda e me faz sentir algo de sensacional. Não to querendo dizer que ver o resultado de uma torta deixe minha autoestima boa. Na verdade eu to sim. Vem tentar, e depois de tudo pronto fique 3 minutos em silêncio olhando pra ela e pensando em como a vida pode ser simples e linda, aí você me conta o que sentiu.

Ingredientes:

  • 1 xícara e meia de chá de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • Meia colher de chá de sal
  • 100g de manteiga sem sal gelada (E se você estiver pensando em substituir por margarina, não faça isso! Entenda melhor a diferença entre manteiga e margarina clicando aqui).
  • 4 colheres de sopa de água gelada.
  • 1 colher de chá de essência de baunilha.
  • Caso queira colorir a massa, use corante em gel. Coloque o suficiente para obter a cor desejada.

Você também vai precisar de papel filme e de uma forma redonda de torta de 24 cm de diâmetro, ou de forminhas pequenas, depende da sua receita e ideia.

Modo de preparo:

Coloque em uma vasilha (grande para você poder mexer com as mãos) a farinha de trigo, o sal e o açúcar. Corte a manteiga em pedaços pequenos e acrescente nessa mistura, e comece a mexer, esmagando a manteiga na farinha com os dedos. Quando a manteiga já estiver quase toda incorporada na farinha, vá acrescentando as colheres de água gelada, a baunilha, e o corante (se for colorir a massa). Misture com as mãos o suficiente para ficar uma massa uniforme e fria – a massa se manter fria é importante. Você não deve amassar muito, nem sovar nem nada, mexa apenas o suficiente para misturar os ingredientes. Depois faça uma bola com a massa e abra um pedaço de papel filme em alguma superfície e coloque essa bola, dê uma amassada na massa (deixe parecendo um disco grosso, não precisa abrir a massa ainda) e cubra completamente com o papel filme.

 

Coloque pra descansar na geladeira por 1 hora. Isso fará o glúten relaxar, o que é a mágica para deixar sua massa bem crocante! Depois tire da geladeira, abra o papel filme e com um rolo abra a massa sobre o papel filme para evitar que ela grude na superfície ou no rolo, isso te ajudará a tirar ela e colocar na forma sem que ela quebre (deixe a massa do tamanho suficiente para cobrir a forma – e também em uma espessura que seja agradável de comer, pense com perspectiva em cada detalhe). Após abrir coloque na forma untada e ajeite ela.

Coloque para assar em forno pré-aquecido a 200 graus, depois de 5 minutos abaixe a temperatura para 190 graus e deixe mais 20 à 25 minutos. Sua maravilhosa massa para torta está pronta! Agora é só esperar ela esfriar e rechear com o recheio de sua preferência! Seja criativo, inovador, ousado, pop, underground e faça uma torta linda!

Pontos importantes:

  • O tempo de descanso na geladeira é fundamental, e não misturar muito a massa também!
  • Essa receita é para uma torta média que serve 8 pessoas (forma de 24 cm de diâmetro). Se quiser para uma torta maior é só dobrar a receita, fazendo da mesma forma.
  • Dizem que cantar “what a wonderful world” enquanto mistura a massa influencia no resultado e traz algo de especial a uniformidade da massa.

Faça a receita, tente, comente, don’t worry, be happy!