Receita de molho meio azedo com dijon e mel para saladas

20150823_145542

Elementos simples combinados com coisas certas proporcionam experiências que mesmo simples, podem ser brilhantes. Menosprezar, por exemplo, uma bela salada de alface e tomate é ignorar as possibilidades de torná-la encantadora. Já comi muitas saladas que me conduziam a outro planeta de tanta explosão de sabor. Salada pode ter a sensação mais forte de uma refeição sim! Os molhos tem o poder de casar-se com os elementos frescos das saladas e criar um feliz pra sempre no nosso paladar! Essa salada consiste em: Folhas de alface americana organizadas em uma quase esfera com rodelas de tomate italiano (carnudinho e suculento). Não menospreze saladas, seja feliz no frescor delas. Cada alimento tem algo de muito lindo a oferecer, aprenda a extrair.

Para o molho:

  • cerca de 4 colheres de sopa de creme de leite
  • 1 colher de chá de maionese
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de café de mostarda dijon
  • sal e pimenta à gosto
  • gotas de limão siciliano
  • 1 colher de chá de iogurte integral.
  • Castanhas de caju trituradas e ervas desidratadas para finalizar.

(As quantidades de ingredientes do molho variam de acordo com seu gosto e o quanto quer presente cada ingrediente)

Misture tudo e banhe a salada. Apenas. As castanhas e as ervas jogue por cima no final. Bon appétit!

Receita de molho mornay (Opção tradicional ou com dose extra de Mostarda Dijon).

20150428_184124

O Molho Mornay é um lindo descendente do Molho Béchamel – Bem parisiense e carregado de sabor suave e charme, como não amar? O preparo é bem fácil, segue praticamente o mesmo processo do Molho Béchamel, com apenas 2 ingredientes a mais (Para ver a receita do Molho Béchamel clique aqui). Esse molho pode ser consumido com inúmeros pratos, desde um croque-monsieur até diversos tipos de massas. Eu o fiz essa semana adicionando uma dose extra de mostarda dijon, o que ficou maravilhoso! (dou abaixo a opção de preparo com a dose normal e com a dose extra de mostarda dijon). Vamos ao preparo! (Essa receita rende aproximadamente o suficiente para acompanhar cerca de 350g de massa).

Ingredientes: 

  • 1 colher e meia de sopa de manteiga (Nem pensar em substituir por margarina! Clique aqui e saiba o porque)
  • 1 colher e meia de sopa de farinha de trigo
  • 300 ml de leite frio
  • De 1 colher à 1 colher e meia de café de sal (cuidado para não exagerar e cortar a suavidade do molho)
  • Meia colher de café de noz-moscada ralada (as raladas na hora tem mais presença)
  • Aproximadamente 50g de queijo parmesão ou gruyère ralado (eu prefiro por uma mistura dos dois!)
  • Meia colher de café de cravo-da-índia em pó
  • Mostarda Dijon (Para o preparo de um Mornay tradicional use apenas uma colher de café de mostarda dijon, e para o preparo de um Mornay com a dose extra de mostarda dijon que falei acima, acrescente 2 colheres e meia de café!).

Modo de preparo:

Primeiro faça o Roux (um preparo tradicional francês, que serve como base para muitos molhos). Ele consiste em cozinhar farinha de trigo na manteiga. Inicie pelo Roux da seguinte forma: Derreta a manteiga na panela e acrescente a farinha de trigo, então mexa sem parar com um fouet, por cerca de 2 minutos, até obter essa consistência, ó:

Quando estiver igual a segunda imagem é hora de colocar o leite e demais ingredientes!

Quando estiver igual a segunda imagem é hora de colocar o leite e demais ingredientes!

Então acrescente aos poucos o leite, sempre mexendo com o fouet. Em seguida acrescente o sal, a noz-moscada, o cravo-da-índia e a mostarda dijon (a quantidade de acordo com a opção de molho que você quer – o tradicional ou o com dose extra de dijon). Continue mexendo sem parar, em fogo baixo, por cerca de 5 à 8 minutos, até obter essa consistência (não deixe secar muito):

20150103_191115

Por último acrescente o queijo, mexa por 1 minuto e desligue! Prontinho! Abaixo sugestão de consumo – A opção com dose extra de dijon ficou MARAVILHOSA com o cappelletti de carne da Massas Romagnola! Coisa de sonho!

 20150428_184017