Como fazer crepe de ganache branco com calda de morango com manjericão!

20150708_220215

Crepe tem gosto de Paris – Tem o gosto das caminhadas intensas e mágicas por essa cidade onde cada segundo é poesia. Quando você come algo em determinada situação o gosto se conecta a experiência, e assim nossa vida vai ganhando sabores e texturas. Por isso que crepe pra mim tem gosto das ruas de Paris. Aprenda a fazer esse crepe delicioso (que é super simples) que sai uma sobremesa perfeita para qualquer ocasião! Combinação delicada e inteligente: crepe, ganache de chocolate branco e calda de morango com manjericão (como eu amo morango com manjericão, poucas coisas combinam tanto)! Vem aprender, a receita, o gosto e a construção de uma experiência marcante e boa.

Como fazer:

A receita da massa de crepe você encontra clicando aqui

A receita da calda de morango com manjericão você encontra clicando aqui

Deixe sua calda e massa prontas, daí prepare o ganache!

Para fazer o ganache de chocolate branco, você precisará de:

  • 300g de chocolate branco cortado em pedacinhos bem pequenos ou raspado
  • 100g de creme de leite

Como fazer:

Coloque o chocolate branco em um recipiente e reserve. Leve o creme de leite ao fogo, e quando estiver ao ponto de ferver tire do fogo e coloque sobre o chocolate branco, espere 30 segundos e então mexa até incorporar tudo. Prontinho! Ganache pronta!

Dica: Para dar uma leveza diferente ao ganache, acrescento 2 colheres de sopa de chantilly batido ao ganache já frio, fica mais fofinho, eu gosto!

A montagem do crepe é simples: Coloque no meio do crepe aberto uma quantidade a gosto do ganache, feche ao meio e por cima coloque a calda de morango. Prontinho! Sirva imediatamente e seja feliz! Obs: Eu gosto de colocar a calda quente!

20150708_220327

Bon appétit!

Como fazer Crepes – O lanche nacional francês!

Rua e Parques de Paris tem sabor de crepe – Esse lanche orgulho nacional francês nos acompanha nas longas caminhadas por Paris. A origem dele é britânica, foi adotado há tempos pelos franceses, e hoje em dia tem crepe sendo vendido em cada canto da capital francesa. Aprenda como sentir o gosto das ruas de Paris através do crepe – Confira receita tradicional com todos segredinhos para um crepe amor real!

Hoje de tarde, estava com mais coisas na cabeça do que é bom estar, então pedi licença pra tudo que era excesso dentro e fora de mim e fui fazer crepes.

Juntei:

1 xícara de chá de farinha de trigo
1 e 1/4 xícara de chá de leite
2 ovos
1 colher de sopa de açúcar
E 1 pitada de sal.

Misturei tudo com um fouet, sem agitar muito a massa, só o suficiente pra ficar homogêneo (crepes não gostam de muita agitação). Quando uma massa precisa de movimentos gentis, eu sinto paz fazendo esses movimentos. Depois deixei descansar 1 hora na geladeira, e descansei junto, na sala, ouvindo Gal, ouvindo o vento, ouvindo meus sentimentos que nem sempre me dou espaço pra ouvir. Tirei da geladeira e fritei na frigideira antiaderente quente, untada com manteiga, porções bem pequenas por vez, crepe é bom fino – sabe quando a gente joga uma meia concha de massa e vai rebolando a frigideira pra espalhar e fazer um disco fino? É isso. Dourei os 2 lados até achar a cor bonita. Comi passando creme de avelã. Rende 7/9 crepes. Rende uma tarde diferente, com cheiro de crepe, com chance de paz.

Quanto aos recheios:

Você pode comer crepes com quase tudo que quiser! Doces ou salgados ficam bons com muitas coisas: Nutella, doce de leite, ganache, queijo e tomate, queijo e presunto, bechamel, etc. Crie e ame!

Bon appétit!