Pancakes (Panquecas americanas doces)

A melhor receita de pancakes que já fiz. Diferente da que ensinei por aqui há alguns anos, aprendi essa mês passado e agora é a que farei – às vezes faz muito sentido abandonar receitas antigas quando uma melhor surge – a não ser que você tenha um bom motivo afetivo para nunca abrir mão de uma receita, aí tudo bem, porque nem sempre queremos melhorar tecnicamente receitas, coisas ou pessoas, que já nos dão tanto sendo como são, com seus pequenos aceitáveis defeitos. Me perdi no caminho afetivo da legenda, como sempre, vamos lá:

Obs: Aprendi essa receita com @joshuaweissman , e agradeço muito por isso. Adaptei algumas medidas para facilitar fazer por aqui.

Rendimento: Cerca de 9 pancakes pequenas

Ingredientes:

  • 1 e 1/2 xícara de chá de leite (360 ml)
  • 1 ovo
  • 2 xícaras de chá cheias de farinha de trigo (280g)
  • 5 colheres de sopa de açúcar (cerca de 55g)
  • 1 colher de chá não tão cheia de sal
  • 1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 colher de sopa não tão cheia de fermento em pó (10g)
  • 2 colheres de sopa de manteiga derretida (20g)

Modo de preparo:

Em uma tigela, usando um fouet, misture bem o ovo com o leite. Em outra tigela, misture a farinha de trigo, o açúcar, o sal, o fermento e o bicarbonato.

Junte os ingredientes molhados nos secos, misturando enquanto coloca. Junte a manteiga e incorpore. Deixe descansar 5 minutos.

Aqueça uma frigideira antiaderente no fogo médio e unte ela com manteiga, sem deixar excesso, apenas untada mesmo. Coloque então uma porção da massa na frigideira, cerca de 1 concha não tão cheia (ou do tamanho que preferir suas pancakes), deixe cozinhar por 2 minutos ou até dourar embaixo e bolinhas começarem a surgir em cima. Então vire a pancake e deixe cozinhar mais 2 minutos.

Sirva como quiser, com mel, geleias… meu jeito favorito é fazer uma torre bonita, colocar pedacinhos de manteiga e cobrir com maple syrup (maple syrup me lembra outras horas, felizes, geladas e boas, em Toronto). Do lado um café passado maravilhoso. Um dia que começa assim já deu certo, mesmo que todas as horas seguintes do dia deem errado, essa já faz valer ter acordado.

Publicidade

Panquecas Suzettes (de laranja)

Panquequinhas Suzettes que aprendi com o @rdespirite . Queria que todo mundo, pelo menos uma vez na vida, pudesse sentir o entusiasmo sutil que cai sobre a gente quando colocamos na boca uma massinha doce toda banhada numa calda perfumada avassaladora de laranja. Um preparo tão simples e que traz tanto – metáfora sempre valiosa essa. Acalme seu desespero moderno e líquido, faça panquequinhas, sente, tome um café e respire sua vida.

Para acompanhar fiz o Expresso Machiatto com maple syrup também ensinado na live de hoje.

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de café de extrato de baunilha
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa se manteiga derretida
  • 1/2 xícara de chá de leite
  • 50g de laranja glaceada (opcional)

Modo de preparo:

Mistura todos os ingredientes com a ajuda de um batedor. Esquente uma frigideira antiaderente, unte com manteiga e coloque uma pequena concha da massa, espalhe ajeitando um círculo. Quando subir bolhinhas vire e doure o outro lado. Rende umas 5.

Para a calda:
Coloque em uma panela em fogo médio 50g de açúcar e deixar virar um caramelo claro. Junte então 150ml de suco de laranja e deixe ferver uns 4 minutos, até incorporar/dissolver todo o caramelo no suco. Se quiser, coloque 25ml de licor de laranja e deixe incorporar/flambar.

Sirva as panquecas com a calda, é sinceramente muito bom.

Expresso Machiatto com maple syrup:
Coloque no fundo de uma xícara 10 ml de maple syrup. Extraia nela 40ml de café (usei o o ristretto da Nespresso), finalize com leite quente (melhor se for espumado) até completar a xícara.

Pancake Orange Velvet (Panqueca doce de abóbora com cream cheese)

Pancakes Orange Velvet. Panqueca doce de abóbora com creme de cream cheese. Panqueca laranjinha. Tanto faz o nome, o que importa é como ela faz a gente se sentir. Acordei meio sem muita graça hoje, mas resolvi fazer elas, ouvindo Dancing Queen (uma música que me ajuda a sentir algo de incrível mesmo em dias não inspiradores), daí alguma coisa foi acontecendo na cor do dia, enquanto a cor laranja das pancakes nascia. Não tô dizendo que fazer pancakes de café da manhã tem poder de melhor seu dia. Na verdade eu acho que tô sim.

Ingredientes:

  • Um pouco mais de 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de chá de abóbora cozida, sem casca, esmagada (purezinho) – melhor usar a abóbora cabotiá
  • Meia xícara de chá de leite
  • 1 ovo
  • 1 colher e meia de sopa de açúcar
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 2 colheres de chá cheias de fermento em pó
  • 2 colheres de sopa de manteiga derretida
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha, só se quiser

Para cobertura:

  • 2 colheres de sopa de cream cheese
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 ou 3 colheres de sopa de leite

Modo de preparo:

Em uma tigela coloque o leite, o ovo, a manteiga e a baunilha. Misture. Junte todos os outros ingredientes e misture bem. Unte uma frigideira com manteiga e quando estiver quente coloque 1 concha da massa, de modo que caia e vá ficando uma forma redonda (ou a forma que quiser, você é livre). Em fogo médio deixe fritar, quando começar a subir muitas bolhinhas, vire. Deixe fritar por cerca de 30 segundos do outro lado, ou até dourar.

Para a cobertura, misture todos os ingredientes bem até ficar homogêneo, se ficar muito duro coloque mais leite.

Cubra as pancakes prontas com a cobertura, se quiser coloque um tico de mel por cima. Serve 2 pessoas que comem sem vergonha ou 3 que comem timidamente.

Tapioca de cuscuz – e a simplicidade mágica de um café da manhã.

Às vezes, pra um dia começar em paz, a gente só precisa de cuscuz, tapioca, queijo, café e se propor. Desde sempre, cafés da manhã pra mim são oportunidades de sentir, através do simples, a vida mais leve (talvez um recurso que uso pra que ela, a vida, não escorregue das minhas mãos na complexidade cotidiana). Qual seu recurso simples de paz? Qual sua sustância emocional matinal para dar conta? Os cafés da manhã são simbólicos.

Como fazer:

Para fazer essa tapioca de cuscuz eu só misturei cuscuz pronto (veja abaixo como faço um em 3 minutos no microondas) com goma de tapioca. Aí coloco na frigideira, jogo por cima um pouco de algum queijo ralado e deixo o calor fazer seu trabalho. Não precisa virar (como nenhuma tapioca precisa). Uma casquinha crocante com gostinho de milho tostado fica por baixo e as outras camadas macias. É um sopro de vida. Hoje resolvi colocar também queijo fresco por cima, mas nem precisa.

Cuscuz de 3 minutos:

para 1 porção, coloque um pouco mais de meia xícara de chá de flocão (farinha de milho flocada, aquela pra cuscuz) em um recipiente que possa ir ao microondas. Coloque pitadas de sal e um pouco de água para hidratar e mexa com um garfo (quantidades, na intuição. Você precisa de uma farofa úmida, mas sem ficar encharcada). Leve ao microondas por 2 minutos. Tire e solte a mistura com um garfo. Coloque mais um pouco de água e acrescente, à gosto, manteiga de garrafa ou outra, misture. Acerte o sal. Pronto.

Panquecas de parmesão! Fácil e feliz.

Panquecas de parmesão para o seu desjejum, quebra-jejum, mata-bicho, pequeno-almoço ou café-da-manhã. Modo simples e eloquente de construir sua primeira refeição do dia, e é uma gracinha. Fácil e feliz.

Como fazer: 

Para 2 porções, misture: 1 ovo, meia xícara de chá de farinha de trigo, 1 colher cheia de sopa de manteiga derretida, meia xícara de chá de leite, 1 pitada de sal e outra de fermento (tipo meia colher de chá), pimenta se quiser e queijo parmesão ralado à gosto (se usar um bom, desses que são adocicados, picantes e sensuais, você será mais feliz). Misture tudo com um fouet até incorporar bem e frite em uma frigideira com fios de azeite – coloque na frigideira e quando começar a subir bolhinhas é o sinal do universo dizendo que é hora de virar. Vire e deixe mais uns 40 segundos e tire. Pode comer ela assim pura que já é amor. Mas eu coloquei hoje presunto e pedaços de mozzarella de búfala por cima . Finalizei com fios de azeite e pimenta. Feliz fiquei. Bom sábado!

Como fazer omelete de claras!

Muitas receitas pedem para você usar gemas e descartar claras. É uma falta de vergonha na cara e de criatividade você jogar as claras no ralo da pia! Respeitar a natureza e o ingrediente está intimamente conectado a não desperdiçar, a usar o todo do que a natureza construiu e te ofereceu. Eu sou tarado por confeitaria francesa, e essa é campeã em usar gema e dar tchau para claras! Pois toda vez que isso acontece eu invento algo com as claras, que podem ser usadas para muitas coisas – macarons, suspiros, e zás! Eu AMO omelete de claras, ficam tão fofas e leves, e amo mais ainda comer ela com um bom molho béchamel ou molho mornay – torna a omelete um prato que abraça a gente de tanto aconchego! Chega aqui no blog e confira a receita de uma boa e simples omelete de claras!

Ingredientes:

  • Claras (o tanto que você tiver e quiser)
  • Creme de leite – 1 colher de sobremesa para cada 1 clara.
  • Sal à gosto
  • Pimenta-do-reino preta à gosto
  • Salsinha fresca picada ou talos/folhas de salsão picados à gosto
  • Alho-poró picado à gosto (gosto de usar a parte verde nessa receita)
  • Manteiga para fritar

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes (exceto a manteiga) e bata para misturar bem (pode ser com um garfo mesmo ou fouet). Adeque o sal e temperos de acordo com a quantidade de claras que usar – deve existir uma coerência. Aqueça uma frigideira (antiaderente) e coloque a manteiga o suficiente para untar toda ela. Após isso coloque a mistura de claras na frigideira, deixe fritar por cerca de 1/2 minutos e depois vire. Deixe então fritar mais 1 minuto e meio do outro lado (ou menos, veja o ponto que prefere).

E tá pronto, gente! Essa é a base! Eu gosto de comer sempre acompanhada de algum molho aconchegante ou com ricota dentro. Daí coloco uma generosa quantidade de molho no meio, fecho, as vezes coloco um pouco de parmesão por cima e sirvo! Vou sugerir 2 molhos para rechear:

Molho Béchamel – Clique aqui e confira receita

Molho Mornay – Clique aqui e confira receita

Bon appétit!