Quiche de queijo brie com cebola caramelizada

Quiche de queijo brie com cebola caramelizada – 2 coisas que nasceram para estar sempre juntas. Que assim seja. Há combinações que sempre vão me emocionar, não importa quanto tempo passe, e essa é uma delas.

Ingredientes:

Massa:

  • 90g de manteiga
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1 colher de café de sal
  • 1 e 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 gema
  • Água gelada ( o quanto bastar)

Recheio:

  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 cebola pequena cortada em rodelas finas
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sobremesa de açúcar
  • 1 colher de sobremesa de molho shoyu
  • 4 ovos
  • 2 gemas
  • 250g de creme de leite
  • Sal e pimenta-do-reino preta à gosto
  • Queijo brie cortado em pedaços, à gosto

Modo de preparo:

Massa:
Na manteiga amolecida, misture o açúcar e o sal. Adicione a farinha de trigo, a gema e água gelada – o suficiente para, ao ir misturando, ter uma massa firme que dê para fazer uma bola – bola essa que deve ser enrolada no papel filme e ir descansar 1 hora na geladeira.

Cebola caramelizada:
Na frigideira coloque 1 colher de sopa de manteiga e junte 1 cebola pequena cortada em rodelas finas. Vá mexendo e deixe ela cozinhar uns 4 minutos no fogo baixíssimo. Coloque uma pitada de sal e uma colher de sobremesa de acúçar, mexa e cozinhe 1 minuto e então coloque uma colher de sobremesa de molho shoyu. Cozinhe até que engrosse e a cebola esteja macia. Minutos antes de desligar repare no ponto da cebola caramelizando, borbulhando – poucas coisas são tão lindas e perfumadas quanto essa cena – guarde ela pra sempre em você. E ah, ajuste as quantidades conforme sua intuição te disser que precisa (sim, você tem uma intuição e precisa usar mais isso, na cozinha e na vida).

Creme base para quiche:
Misture bem 4 ovos, 2 gemas e 250g de creme de leite, temperando com sal e pimenta. Pronto.

Montagem:
Abra a massa (com um rolo ou suas mãos) e coloque em uma forma, forrando todo o fundo e as laterais uns 2 dedos de altura. Coloque o creme base sobre a massa, depois cebola caramelizada e então pedaços de queijo brie à vontade.

Asse em forno pré-aquecido à 180 graus por 30/40 min, até dourar levemente.

Seja feliz comento e sentindo na boca esse encontro lindo de coisas que combinam tão bem. Um beijo!

Risoto de queijo brie e mel com crocante de queijo brie

Fácil e elegante. Combinação linda – queijo brie ama estar junto de algo adocicado, é o date perfeito pra ele. E falando em date, acho essa receita ideal para encontros amorosos, mas também é bonita para fazer e amar a si mesmo. Quantidades abaixo para um risoto que serve 3 pessoas (porque respeitamos também o poliamor, se for seu caso).

Caso queira ver, no IGTV do meu Instagram tem um video com todo o passo a passo completo, só clicar aqui!

Ingredientes:

  • 1 e 1/2 xícara de chá de arroz arbóreo
  • Cerca de 1 litro de caldo de legumes (explico como fazer um abaixo)
  • 1 taça de vinho branco
  • 1 colher de sopa de manteiga mais uma quantidade à gosto (para fazer o crocante de brie e finalizar o risoto)
  • Cerca de 150g de queijo brie (mais uns pedaços para fazer o crocante)
  • Queijo parmesão ralado à gosto
  • 2 colheres de sopa de mel
  • Meia cebola média picada
  • Ervas frescas picadas à gosto (salsinha, cebolinha…)
  • Sal à gosto

Modo de preparo:

Primeiro sobre o caldo de legumes: Quando quero um caldo rápido, fervo por 20 minutos na água: alho-poró, alho, cebola, cenoura picada bem pequena e alguma pimenta (do reino, rosa…), e pronto, tenho um caldo.

Em uma panela coloque 1 colher de sopa de manteiga, acrescente a cebola picada e refogue até ela ficar translúcida. Acrescente o arroz e refogue 1 minuto. Coloque então o vinho e mexa até ele evaporar.

Coloque cerca de 1/3 do caldo e fique mexendo. Quando começar a secar coloque mais caldo e continue mexendo. Repita o processo até o risoto atingir o ponto de seu agrado (tradicionalmente tem que ficar mais durinho – cozido mas ainda rígido (al dente), mas se preferir deixe mais molinho. Quando colocar a última remessa de caldo não deixe secar tanto. Durante essa etapa pode ir colocando ervinhas picadas para ajudar a dar perfume.

Quando o arroz chegar no ponto acrescente o queijo brie e incorpore. Em seguida coloque o mel (cerca de 2 colheres de sopa, mas cheque o tanto de doçura que você quer). Incorpore o mel e desligue a panela. Então coloque o queijo parmesão ralado, misture e finalize generosamente com bastante manteiga – cremosidade e brilho, queremos. Acerte o sal.

O crocante de queijo brie:

Para ter o crocante é só colocar um pouco de manteiga em uma frigideira antiaderente e dispor na manteiga já derretida fatias de queijo brie. Ele irá derreter e se desfazer, quando começar a secar e você notar que tudo virou quase uma coisa só, como uma “placa de queijo” derretido já tostado por baixo, desligue (tem que tostar, mas não queimar). Esfriando um pouco fica firme, aí é só tirar da frigideira e quebrar em pedaços.

Sirva o risoto finalizando com ervas frescas picadas e o crocante de brie. Mas que gracinha.

Bruschetta de brie com cebola caramelizada e mostarda.

Bruschetta onde se junta: queijo brie, cebola caramelizada e mostarda – dessas coisas que parecem que nasceram para estar sempre juntas.

Para caramelizar cebola facinho:

Na frigideira coloque 1 colher de sopa de manteiga e junte 1 cebola pequena cortada em rodelas finas. Vá mexendo e deixe ela cozinhar uns 4 minutos no fogo baixíssimo. Coloque uma pitada de sal e uma colher de sobremesa de açúcar, mexa e cozinhe 1 minuto e então coloque uma colher de sobremesa de molho shoyu. Cozinhe até que engrosse e a cebola esteja macia. Minutos antes de desligar repare no ponto da cebola caramelizando, borbulhando – poucas coisas são tão lindas e perfumadas quanto essa cena – guarde ela pra sempre em você. E ah, ajuste as quantidades conforme sua intuição te disser que precisa (sim, você tem uma intuição e precisa usar mais isso, na cozinha e na vida).

Para montar a bruschetta:

É só colocar sobre fatias de pão pedaços de queijo brie, a cebola caramelizada com seu caldinho e mostarda. Leve ao forno à 200 graus por uns 6/8 minutos (só pra tudo se encontrar mais calorosamente sobre o pão). Pronto.

Sobre a mostarda: Para essa receita mostardas amarelas muito liquidas não servem. Mostarda de Dijon, mostarda em grãos ou escuras são as que servem. Nem sempre podemos improvisar tudo, há emoções que precisam de coisas específicas para acontecer certo. Mas caso não tenha, faça sem. Só o brie e a cebola já emocionam bastante.