Como fazer Chilli Mexicano!

Vem fazer bailando um preparo antigo e tradicional da cozinha mexicana, que é feito à base de carne e feijão. Super simples e barato, serve para muitas ocasiões – desde petisco charmoso até prato principal. Vem ficar envolvido por toda verdade mexicana aprendendo isso aqui – se divertindo enquanto faz, claro (porque eu sinceramente não sei qual a graça de fazer um prato mexicano se não for com música latina, entusiasmo e emoção).

Abaixo receita, mas no meu Instagram @rodrigo.vilasboas tem um video com todo o passo a passo para não ter erro, e nele também tem toda essa animação e entusiasmo mexicano que estou falando! Clique aqui para ver!

Ingredientes:

  • 500g de carne moída (de preferência patinho ou acém)
  • 250g de feijão carioca
  • Meia cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • Sal à gosto
  • Pimenta chilli (ou outra) à gosto
  • Canela em pó à gosto
  • Cominho em pó à gosto
  • Curry à gosto
  • 1 xícara de extrato de tomate
  • Caldo de meio limão
  • Queijo parmesão ralado para finalizar (opcional)

Modo de preparo:

Antes de começar coloca alguma música latina caliente, bebe um gole de tequila, rebola um pouco e entra em um ritmo babadeiro e entusiasmado, tudo dará mais certo assim, acredite.

Coloque o feijão em uma panela de pressão e cubra com água até ficar 3 dedos acima dos feijões. Cozinhe na pressão por 30 minutos ou até estar cozido totalmente. Em seguida, triture em um liquidificador ou em um processador cerca de 2/3 do feijão cozido, até virar uma pasta (coloque um pouco de água do cozimento para ajudar a triturar se precisar). Deixamos alguns feijões sem triturar porque fica gostoso uns inteiros no meio. Reserve a pasta e os feijões inteiros.

Em uma panela, coloque fios de azeite e coloque a cebola, 2 minutos depois coloque o alho. Refogue e então acrescente a carne, misture. Daí, acrescente todos os temperos, inclusive o sal (tudo à gosto, vá provando para checar, use intuição).

Quando a carne estiver toda cozida e em cor uniforme, coloque o extrato de tomate e misture. Deixe cozinhar uns 3 minutos e então acrescente a pasta de feijão e os feijões inteiros. Misture bem e acerte todos os temperos (agora que colocou o feijão precisa reequilibrar). Deixe cozinhar tudo junto por uns 5 minutos. Se ficar muito duro acrescente água, mas a ideia é que fique uma “pasta” mesmo. Acrescente o caldo de meio limão e misture. Pronto!

Na hora de servir, coloque por cima queijo parmesão ralado, indico aqueles menos secos, que não são desidratados, sabe?

Sirva com nachos, tortilhas, tacos, torradas, arroz, guacamole (que inclusive tem uma receita aqui, só clicar) ou com o que quiser. Seja feliz comendo e arriba!

Fondue de queijo fácil!

Faça em casa esse clássico de inverno e sinta a magia estonteante desse preparo cremoso, é um envolvimento diferente que eu ensino à vocês. Muito mais interessante é fazer ele em casa que comprar pronto, e é mega simples e sai mais barato – se a gente soubesse o tanto de coisa pronta que a gente compra sem necessidade de comprar… ai ai.

Ingredientes:

  • Cerca de 400g de queijos, ralados grossos (podem ser quais queijos você quiser, eu costumo usar 200g de gouda, 100g de gruyère e 100g de estepe)
  • 1 dente de alho cortado ao meio
  • Meia xícara de chá de vinho branco
  • Meio shot de cachaça
  • Meia colher de sopa de amido de milho
  • 4 colheres de sopa de creme de leite
  • Noz-moscada e pimenta-do-reino à gosto

Modo de preparo:

Numa panela (pode ser na própria do fondue) esfregue as metades do dente de alho e coloque o vinho branco. Leve ao fogo (sempre baixo), quando levantar fervura vá colocando o queijo aos poucos e mexendo bem, de preferência com um fouet, até derreter e formar um creme liso. Dissolva o amido de milho na cachaça e junte na mistura, incorpore bem. Acrescente o creme de leite e misture mais uns 2 minutos. Tempere com a noz-moscada e a pimenta. Tire do fogo e leve para seu aparelho de fondue. Sirva imediatamente com aquele pãozinho italiano apaixonante.