Mini-quiche de Alho-poró, Queijo e Amêndoas – Mas que gracinha!

Nessa foto eles estão regados com um Molho de mostarda, mel e vinho branco - confira link para receita desse molho abaixo!

Nessa foto eles estão regados com um Molho de mostarda, mel e vinho branco – confira link para receita desse molho abaixo!

Receita de mini quiche de alho-poró, queijo e amêndoas. Quiche, de “kuchen”, que significa bolo em alemão. Quiche é francesa, mas da região de Lorena, que já é quase Alemanha. O nome dos pratos fundem significados, brincam com a origem e contam a história de um lugar. O que os pratos guardam? Tanto. Quiches são pra mim um doce exercício de criatividade – é possível fazer tantos tipos, formatos, tamanhos, recheios… Enfim, é possível muita coisa com quiches. Essas são mini – pequenas e delicadas, úteis para muitas ocasiões. Alho-poró, queijo e amêndoas juntos deram um resultado que fez com que eu me sentisse abraçado, abraçado em Paris. Diria mais: Abraçado em Paris por alguém que me importe muito. Sendo assim, concluímos, meus caros, que essa mini quiche de alho-poró, queijo e amêndoas é uma forma de encontrar amor. Espero que você tente a receita, e que sinta algo importante ao fazer, ao comer.

Ingredientes:

Massa:

  • 90g de manteiga amolecida (um pouco menos da metade daqueles bloquinhos mais comuns de encontrar por aí). Nem pensar substituir por margarina – leia o artigo “Manteiga ou Margarina?” e entenda o porque!
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1 colher de café de sal
  • 1 xícara e meia de farinha de trigo
  • 2 gemas
  • 2 colheres de sopa de água gelada

Recheio:

  • 4 ovos
  • 2 gemas
  • Claras (para pincelar a massa).
  • Aproximadamente 300g de creme de leite (fresco ou os de latinha)
  • 1 colher de chá de sal
  • Pimenta do reino à gosto
  • Noz-moscada à gosto
  • Alho-poró picado em rodelas
  • Amêndoas cortadas ao meio (uma quantidade pequena, cerca de umas 15 unidades)
  • Aproximadamente 100 g de queijo (de sua preferência – eu fiz com gruyère), cortado em cubinhos bem pequenos ou ralado.

Modo de preparo:

Comece pela massa: Misture a manteiga com o açúcar e o sal. Acrescente então a farinha, as gemas e a água gelada. Misture tudo com as mãos, se a massa ficar muito quebradiça coloque mais colheres de água gelada. Após isso faça uma bola com a massa, coloque sobre um papel filme e cubra a massa completamente com ele. Deixe então descansar na geladeira por 1 hora.

A massa pronta para ir descansar na geladeira por 1 hora.

A massa pronta para ir descansar na geladeira por 1 hora.

Unte com manteiga e farinha de trigo cerca de 7 forminhas pequenas (pode ser de cupcake, muffin, tortinhas ou as que você tiver – só não podem ser muito rasinhas). Então, após o descanso da massa, forre as forminhas com a massa (se você forrar todas e sobrar massa faça mais, a quantidade varia de acordo com o tanto de massa que você coloca na sua forminha) – não deixe muito fina nem muito grossa a massa na forminha – equilibre isso). Após forrar todas as forminhas pincele-as com a clara e coloque na geladeira enquanto prepara o recheio.

Agora o recheio: Pré-aqueça o forno à 190 graus. Bata de leve em uma tigela (com um fouet) os ovos e as gemas, junte o creme de leite, o sal e os temperos. Bata para misturar tudo.

Juntando tudo para misturar - quanta poesia colorida nessa mistura...

Juntando tudo para misturar – quanta poesia colorida nessa mistura…

Retire as forminhas da geladeira e distribua o recheio sobre elas (não encha muito para não derramar). Então distribua as rodelinhas de alho-poró, o queijo e as amêndoas entre as forminhas.

?????

Leve ao forno por cerca de 40 minutos (ou até o recheio ficar firme e dourado – como na foto). E prontinho! Essas gracinhas estão prontas! Desenforme e sirva quente ou frio. Uma dica incrível é na hora de servir regar com um Molho de Mostarda, Mel e Vinho Branco – Clique aqui e confira a receita desse molho!).

?????

Bon appétit!

Publicidade

Como fazer “Oeufs en cocotte” (Ovos na tigelinha) – Bem aconchegante e francês!

20180916_130614

Ovos são presenças ilustres em muitos pratos da cozinha francesa, presentes de vários modos em tanta coisa… Depois de me aventurar na culinária francesa passei a ter um olhar mais admirador e respeitoso para ovos! São tantas aplicações e possibilidades que chega a ser quase mágico! Ovos são uma verdadeira joia! Sem exageros, gente! (Ou com exageros sinceros!) ♥

Essa é mais uma receita francesa, que caí muito bem servida como entrada ou como prato principal acompanhado de um pãozinho. Ela é uma gracinha, e simples!

Ingredientes:

  • 1 receita de molho mornay (O molho mornay você obtém misturando de 50g à 100g de queijo gruyère ou parmesão ralado e uma pitada de cravo em pó (o cravo é opcional) à uma receita de molho bechamel – acrescente o queijo durante o preparo do bechamel, 1 minuto antes de desligar a panela – Clique aqui para ver como fazer uma receita de molho bechamel)
  • 4 Ovos
  • Sal, Pimenta-do-reino e noz-moscada à gosto
  • Alho-poró cortado em rodelas (opcional)
  • Um pouco de queijo parmesão ou gruyère ralado para finalizar.

Modo de preparo:

Tudo é tão simples que chegar a parecer besta. Mas é lindo, delicioso e sofisticado! Comece pré-aquecendo seu forno à 180 graus. Pegue 4 ramequins (ou qualquer tigelinha que possa ir ao forno – até mesmo xícaras de chá) e coloque em cada um deles uma colher de sopa bem cheia do molho mornay, em seguida coloque algumas rodelas de alho-poró. Então coloque um ovo inteiro por cima, coloque um pouco de sal, pimenta-do-reino e noz-moscada. Coloque então outra colher de molho mornay por cima, e espalhe um pouquinho de queijo parmesão ou gruyère ralado.

Coloque os ramequins em banho-maria em uma forma (com a água já morna), coloque água até cobrir metade da altura dos ramequins. Leve ao forno por cerca de 20 minutos, porém vá verificando o ponto das gemas, para que elas fiquem ao seu gosto.

Depois que tirar do forno, decore com umas rodelinhas de alho-poró, cebolinha ou a erva fresca perfumada que tiver. E prontinho! Aproveite!

Bon appétit!

Obs: Esse é um jeito que gosto bastante de fazer, mas há varias formas. Você pode fazer a base (primeira camada do fundo) com o que quiser – cebola refogada na manteiga, cogumelos refogados, purê, etc – colocar o ovo e ao invés do molho mornay usar creme de leite puro na última camada, salpicando noz-moscada, sal e pimenta para temperar e finalizando com queijo. A ideia é ter um ovo cozido no forno em banho maria numa mistura cremosa. Use sua criatividade (e o que tem em sua geladeira).