Como fazer cinnamon apple – maçã caramelada com canela. 

Cinnamon apple – maçã caramelizada com canela boa para comer com porco, com pancake, com sorvete, com iogurte ou ela plena e linda só mesmo. É fácil fazer, é assim:

Ingredientes:

  • 2 maçãs
  • 100 ml de água
  • 5 colheres de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de canela
  • Caldo de meio limão

Modo de preparo:

Descasque as maçãs, torneando elas bem bonitas com gentileza, elas merecem isso. Depois corte ao meio, tire as sementes e corte em pedaços rústicos e belos, não muito pequenos. Em uma frigideira coloque a água, o açúcar, a canela e o caldo de meio limão. Misture com alegria. Quando começar a ferver coloque as maçãs. Deixe cozinhar e mexa de tempo em tempo. Quando o líquido se transformar em uma calda grossa caramelada linda de chorar e a maçã estiver cozida, está pronto. Uma alegria só. Tem cheiro de vida feliz. Seja feliz fazendo, comendo.

Anúncios

Como fazer Bruschetta de Tomate-cereja com Manteiga Queimada!

IMG-20160501-WA0004

Bruschetta é prato de fazer no comercial da novela de tão rápido! E pra mim sempre tem um tom sofisticado, de personalidade – como coisas simples e bem feitas costumam ter. Experimentei fazer outro dia tostando as fatias de pão italiano na frigideira  com manteiga – deixando atingir um ponto em que a manteiga queime um pouco. Fica ENACREDITÁVEL gente! E o tomate-cereja adoça sutilmente a força do pão e da manteiga queimada – eu não sei explicar essa bruschetta de uma forma que chegue tão próxima dos suspiros de amor que ela proporciona, sério. Vamos a receita!

Ingredientes:

  • Pão Italiano cortado em fatias (fatias com cerca de 1,5cm).
  • Tomates-cereja cortados ao meio (a quantidade varia de acordo com o tanto de bruschetta que você irá fazer, para 500g de pão italiano, use cerca de 300/400g de tomate-cereja)
  • Meia cebola média picada
  • 1 dente de alho amassado
  • Sal à gosto
  • Pimenta-do-reino à gosto
  • Azeite de oliva – o quanto bastar
  • Manteiga – o quanto bastar
  • Queijo parmesão ralado à gosto

Modo de preparo:

Aqueça uma panela média e coloque cerca de 3 colheres de sopa de azeite. Junte a cebola e o alho e refogue por uns 2 minutos. Ouça o barulho da cebola fritando e sinta isso como uma música. Cheire a cebola fritando e permita-se experimentar a alquimia do aroma – a poesia tem que fazer parte. Após isso, acrescente o tomate-cereja, o sal e a pimenta-do-reino. Refogue por mais uns 2 minutos no máximo – não deixe o tomate-cereja despedaçar, o mantenha inteiro!

Pré-aqueça o forno à 200 graus. Aqueça cerca de uma colher rasa de sopa de manteiga em uma frigideira, quando ela já estiver derretida por completo coloque as fatias de pão italiano para tostar na manteiga – vire as fatias quando estiver dourado de um lado, para dar uma leve douradinha do outro lado também. Faça isso com todas as fatias de pão italiano – ao entrar em contato com a manteiga o pão suga boa parte dela, e o pouco que fica em contato com o calor da frigideira acabada “queimando” de um jeito bom, que fortifica o aroma da manteiga e invade o pão! Mas fique de olho para não queimar, tosta super rápido!

Feito isso, coloque as fatias de pão tostado em uma forma e divida o tomate-cereja refogado nelas, rale parmesão por cima e leve ao forno por cerca de 5 minutos. Pronto! Suspire e seja feliz comendo!

Receita de Risoto de Pera com Gorgonzola!

?????

Veja abaixo detalhes também do acompanhamento: Aspargos frescos com molho de mostarda, mel e vinho branco!

Risoto e sua versatilidade. O casamento ilustre da pera com gorgonzola. O resultado disso é uma refeição mágica com sabores se equilibrando – o amor aparece no ponto certo nesse prato!

(Receita para 4 porções)

Ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de arroz arbóreo
  • 1 pera
  • Cerca de 100g de queijo gorgonzola
  • Meia cebola grande picada em cubos
  • 1 xícara de chá de vinho branco seco
  • Aproximadamente 5 xícaras de chá de caldo de legumes (se for usar o de cubos, dissolva 2)
  • 4 colheres de sopa de manteiga (Nem pensar substituir por margarina, clique aqui e saiba o porque).
  • Sal à gosto (Eu acho suficiente o sal do caldo, porém prove, se achar necessário acrescente em sua receita umas pitadas de sal).

Modo de preparo:

Ferva o caldo de legumes em uma panela e depois mantenha em fogo baixíssimo, apenas para mantê-lo quente. Coloque 2 colheres de manteiga em uma panela grande (onde irá preparar todo o risoto, precisa ser espaçosa), em fogo médio, e assim que ela derreter coloque a cebola, refogue até ela ficar reluzente (uns 3 minutos).Então acrescente o arroz e vá mexendo ele na panela, por uns 3 minutos. Acrescente então o vinho e mexa sem parar até ele evaporar.

IMG_20150302_211051

 Coloque então cerca de 1/3 do caldo e continue mexendo. Quando começar a secar e a consistência ficar cremosa, acrescente metade do caldo restante e a pera. Continue mexendo até ir secando novamente. Depois vá colocando a última parte do caldo aos poucos, checando o ponto do risoto, vá colocando o necessário para atingir o ponto exato, que é quando o arroz fica parte macio parte durinho e úmido. 1 minuto antes de desligar a panela acrescente o queijo gorgonzola e mexa. Em seguida acrescente as outras 2 colheres de manteiga.

?????

Prontinho! A sugestão que dei de acompanhamento na imagem são aspargos frescos cozidos servidos com um Molho de mostarda, mel e vinho branco – Clique aqui e confira a receita desse molho!) 

Buon appetito!

Molho de mostarda, mel e vinho branco – Um tom doce e suave para acompanhar!

?????

Molhos e sua magia! Às vezes eles podem ser tão perfeitos em um prato que protagonizam! Essa receita é uma variação do tradicional molho de mostarda e mel, acrescento nele vinho branco e um pouco de molho inglês, fica excelente para acompanhar saladas, quiches e frango  – ou o que você notar harmonia e quiser por. O tom adocica dele suaviza muitos pratos!

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de mostarda
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de molho inglês
  • 2 colheres de sopa de vinho branco
  • Sal, sementes secas de coentro e pimenta-do-reino à gosto

Modo de preparo:

Basta misturar todos os ingredientes em um pote com uma colher! A consistência do molho é bem liquida mesmo. Se você achar necessário pode acrescentar uma quantidade maior de algum ingrediente que queira uma presença maior (quando quero um tom mais adocicado ainda acrescento mais mel, por exemplo). Vá equilibrando as quantidades de acordo com o seu gosto!

Receita de Bolinhas de Baguete (Quenelles de Baguettes)!

?????

Preparar essa receita me lembrou os bolinhos abstratos e lúdicos que eu tentava criar quando era criança, preenchendo de gastronomia e fantasia as tardes de depois da escola. Eu juntava tanta coisa para criar massas que pudessem ser fritas ou assadas… (risos). Muitas ficavam bem  ruins, mas me sinto maravilhoso ao recordar das lembranças daquelas tardes. Quando a gente ama culinária, até as receitas que dão errado trazem algo de certo, de bom.

 Essa receita francesa fácil, útil (para aproveitar as sobras de baguete) e fofa, eu aprendi com a linda Rachel Khoo! É simples e rapidinho de fazer, e é um excelente acompanhamento para muitos pratos (principalmente pratos molhados, pois elas absorvem molhos muito bem!). Eu já as comi acompanhando carnes (com molhos), sopas, cremes, churrasco e outros pratos. Elas também pode ser uma opção para servir como petisco ou entrada acompanhada de algum molho de sua opção (eu já fiz como entrada acompanhadas de molho rosa agridoce, molho azedo e molho de queijo, ficaram boas com todos!).

Ingredientes:

  • 200g de baguete ou outro pão dormido (com casca e tudo)
  • 250 ml de leite
  • 1 pitada de noz-moscada, sal e pimenta-do-reino à gosto
  • 1 punhado de salsa picada
  • 1 ovo
  • Cerca de 2 à 3 colheres de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de manteiga bem cheia para fritar as bolinhas

Modo de preparo:

Corte a baguete em cubinhos e coloque em uma tigela.

?????

Ferva o leite e despeje sobre eles. Mexa para que todos os pedacinhos absorvam o leite por igual, então cubra com um pano e deixa descansar por 12 minutos. Em seguida tempere com a noz-moscada, pimenta-do-reino, sal e a salsa, misture um pouco. Acrescente o ovo, coloque 1 colher de farinha de trigo e mexa, então verifique a consistência (a mistura deve ficar úmida e só levemente pegajosa), se ainda estiver muito molhada acrescente mais 1 colher de farinha, e verifique de novo, se necessário acrescente mais 1 colher, até obter a consistência mencionada (olhe na foto em que elas estão fritando na frigideira para ter uma ideia melhor da consistência ideal). Molhe as mãos com água para a massa não grudar e modele as bolinhas (não precisa ficar bolinhas perfeitas!). Renderá de 12 à 14 bolinhas (menores que uma bola de golfe). Derreta a manteiga em uma frigideira e frite as bolinhas (elas douram rápido, cerca de 5 minutos). Vire para que doure todos os lados.

?????

E prontinho gente! Como eu disse, tradicionalmente é um acompanhamento, mas também pode ser servido com molhos como entrada! Aproveite as sugestões que dei acima e também invente seu jeito de consumi-las!

?????

Bon appétit!

Receita de torta de frango e iogurte com massa de quiche!

20150213_213125

A massa de Quiche é uma coisa linda e gostosa que não tem comparação! Sentir essa massa desmanchando na boca com aquele gostinho de manteiga faz a gente até escutar a 9ª sinfonia de Beethoven sendo sussurrada nos ouvidos  – é a magia da manteiga. E você pode fazer a massa de Quiche e usar sua criatividade para inventar inúmeras opções de recheio! Esse aqui é de frango com iogurte! Aproveite essa delícia que vem da tradicional receita francesa de Quiche Lorraine e desfrute o sabor sem igual!

Ingredientes:

Massa:

  • 180g de manteiga amolecida (Quase um bloquinho inteiro daqueles mais comuns de encontrar por aí). Nem pensar substituir por margarina – leia o artigo “Manteiga ou Margarina?” e entenda o porque!
  • 2 colheres de chá de açúcar
  • 2 colheres de café de sal
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 4 gemas
  • 4 colheres de sopa de água gelada

Recheio:

  • 1 peito de frango (não precisa ser muito grande)
  • 1 cubo de caldo de galinha
  • 1 folha de louro
  • 1 cebola média picada em cubos
  • Pimenta-do-reino à gosto
  • Sal à gosto
  • Noz-moscada ralada à gosto
  • ¾  de um pote de Iogurte natural (aqueles de 170 gramas)
  • 3 colheres de sopa de creme de leite
  • Azeitonas fatiadas à gosto
  • Mussarela (cerca de150g)

Modo de preparo:

Comece pela massa: Misture a manteiga com o açúcar e o sal, até ficar assim:

20150118_101543

Acrescente então a farinha, as gemas e a água gelada. Misture tudo com as mãos, se a massa ficar muito quebradiça coloque mais colheres de água gelada. Após isso divida a massa em duas, faça duas bolas, coloque cada bola sobre um papel filme e cubra-a completamente com ele. Deixe então as duas partes descansar na geladeira por 1 hora.

A massa pronta para ir descansar na geladeira por 1 hora.

A massa pronta para ir descansar na geladeira por 1 hora.

Agora cuide do recheio: Em uma panela de pressão doure metade da cebola em um pouco de azeite, quando a cebola estiver reluzente coloque o peito de frango, o caldo de galinha, a folha de louro, sal e pimenta do reino à gosto. Misture tudo e acrescente cerca de um copo americano de água, então coloque para cozinhar na pressão (o tempo de cozimento varia de acordo com a panela e temperatura, mas normalmente leva cerca de 20 à 30 minutos).

Quando o peito de frango estiver cozido, desfie ele em uma tigela, e então acrescente o iogurte,o restante da cebola, o creme de leite, as azeitonas, sal, noz-moscada e pimenta do reino à gosto e um pouco de azeite (pode colocar mais temperos que te agradem). Misture tudo muito bem. Essa mistura tem que ficar cremosa e bem úmida, não muito liquida nem muito seca. Se for necessário acrescente mais creme de leite para atingir o ponto desejado, que é esse:

20150213_194730

\Pré-aqueça o forno à 200 graus. Tire as duas partes da massa da geladeira. Abra uma das partes com um rolo (ou com a mãos) o suficiente para forrar uma fôrma de torta (de aproximadamente 25 cm de diâmetro). Forre então a fôrma untada (com manteiga e farinha de trigo). Coloque todo o recheio sobre a massa e por cima dele coloque a mussarela. Abra a outra parte da massa o suficiente para cobrir a torta/quiche e então cubra a forma, acertando os excesso de massa das extremidades.

20150213_200501

20150213_200753

Essa bolinha no meio eu fiz só para fazer charme!

Leve ao forno e asse por aproximadamente 50 minutos (ou até ver a massa ficando corada). E prontinho! Sirva quente ou fria! Lembrando que as possibilidades de recheio de uma quiche são inúmeras! E inventar recheios pode ser legal pra caramba, demais da conta, à beça! Então aproveite e divirta-se.

20150213_21242520150213_213141

Bon appétit!

Como fazer Galette de batatas e pera com roquefort (Galette aux pommes de terre et poires avec roquefort).

20150118_142356

Pera, queijo e batatas. Combinação interessantíssima, que bem feita pode proporcionar um sabor lindo! A pera tem um tom mistério mesmo, que sempre pareceu me dizer: “Eu não sou só isso, eu posso mais…” E depois de tentar essa receita francesa eu entendi isso tudo. Um brinde as inúmeras possibilidades da pêra! Eeeee!

Ingredientes:

  • 4 batatas
  • 1 pera firme
  • 100g de queijo roquefort ou outro queijo azul (essa receita tradicional usa esse tipo de queijo, mas você pode colocar outro se quiser (Nessa das fotos eu usei parmesão), os mais fortes combinam mais.

Modo de preparo:

Antes de tudo pré-aqueça seu forno a 200 graus. Corte as batatas (descascar é opcional) em fatias finas, de 2 à 3 mm de espessura.

20150118_111211

Forre uma assadeira com papel manteiga e coloque as batatas, sobrepondo uma fatia na outra. Descasque a pera e corte em cubos, e espalhe-os pelas batatas.

20150118_113234

Depois coloque o queijo por cima, despedaçando ele e espalhando bem. Tome cuidado para que o queijo fique mais no centro das batatas, se ficar todo na beira vai derreter e escorrer, e assim não irá “temperar” a batata.

20150118_123308

No modo tradicional não se coloca outro tempero (como sal), espera-se que o queijo seja suficiente para dar o sabor. Porém você pode colocar sal a gosto.  Leve ao forno por cerca de 30 minutos, ou até as batatas estarem coradas e meio sequinhas nas bordas. E prontinho! Aproveite esse prato simples e sofisticado ao mesmo tempo. Legal servi-lo como entrada ou acompanhamento – e assim que sair do forno!

20150118_142110

Essa receita é a tradicional francesa, mas você pode usar sua criatividade e pensar em varias formas de combinar assados de batata com peras. Eu já fiz batatas doces misturadas com batatas lisas assadas com peras e regadas a um molho de mostarda e mel, também ficou maravilhoso!

Bon appétit!

Tiras de cenoura com molho azedinho para entrada ou acompanhamento!

20141228_205121

Daucus Carota. Esse é o nome de batismo dessa coisinha toda coloridinha chamada cenoura. Ela pode ser usada para muita coisa! Na verdade ela é bem interessante, com essa cor estonteante (olha rimou!), que me faz prestar atenção gentilmente nela e desperta algum tipo de sensação eufórica. Mas isso já é subjetivo demais, então fim.

Vamos à receita de algo legal para fazer com cenoura! Consiste em um jeito de cozinhá-la e um molho para comer junto com ela. Serve como entrada ou acompanhamento ou para o que você quiser! Simples, saudável e amável (como eu to cheio de rimazinhas hoje, né?).

Ingredientes:

  • Cenouras. A quantidade é o quanto você quiser comer.
  • Para cozinhar as cenouras você precisará de água, azeite (cerca de 3 colheres de sopa), pitadas de sal e vinagre (cerca de 3 colheres de sopa).

Para o molho:

  • 200g de creme de leite (a quantidade total daquelas embalagens de caixinha)
  • 5 colheres de chá de azeite extra virgem
  • 1 colher e meia de café de mostarda Dijon
  • Suco de 1 limão
  • Pitada de Pimenta do reino
  • Sal (a quantidade é a gosto)
  • Sementes de coentro secas trituradas, à gosto (ou pode ser folhinhas frescas de coentro mesmo)
  • 3 colheres de chá de maionese

Modo de preparo das cenouras:

Higienize as cenouras e depois corte elas em formato de tiras grandes e grossas, deixando-as desse jeito:

20141228_192547

Ferva uma quantidade de água suficiente para cobrir essas cenouras na panela, acrescente na água o azeite, o vinagre e o sal. Quando estiver fervendo coloque as cenouras dentro. Agora atenção: o tempo de cozimento faz diferença. O ideal para essas cenourinhas de aperitivo é que elas fiquem semi cozidas, meio durinhas mesmo. Porém, se for de sua preferência, você pode cozinhar por mais tempo até obter a consistência que você quer. O ideal pra mim é deixar as cenouras nessa fervura por cerca de 5 a 7 minutos, ficam cozidas mas ainda crocantes! Depois de deixar no ponto de sua preferência é só escorrer e reservar.

Modo de preparo do molho:

Misture em um recipiente todos os ingredientes e mexa bem! Pronto. Simplérrimo assim. É um molho com tonzinho azedo que combina muito com o gosto das cenouras. Se não for servir na hora, guarde o molho na geladeira.  Se quiser uma quantidade menor de molho corte os ingredientes pela metade.

E está pronto, gente! Fácil, colorido e feliz!

Slide1