Castro Burger (São Paulo) – Um lugar que conta uma história e a serve junto com comida boa. 

 

Market Street.

 

Uma experiência gastronômica é sempre influenciada por muita coisa que está no entorno da refeição. Claro que o sabor do prato é sempre o mais importante. Mas tem mais. Quando vou à um restaurante sempre me pergunto: O que eles fazem e o que querem mostrar? Como eles querem que eu me sinta aqui e que tipo de experiência querem construir? Se essas perguntas ganham resposta, há uma identidade para provar no lugar, e isso é incrível.

O Castro Burger tem uma identidade. Há uma ideia muito completa e importante que a casa representa. Isso transforma o que poderia ser uma simples visita a uma hamburgueria qualquer em uma experiência leve, gostosa e afetiva. O nome “Castro” faz referência ao bairro gay de São Francisco (EUA), onde muitas lutas pela igualdade e diversidade foram travadas. Eles partem daí para apresentar a ideia principal da casa: Um lugar onde a diversidade é celebrada e onde qualquer um pode se sentir bem, respeitado e alegre comendo uma comida boa. E eles tratam esse ideal de forma ampla e séria – possuem projetos que envolvem doações de fundos arrecadados no local para instituições que acolhem pessoas LGBT em situação de vulnerabilidade. Também há um encanto na decoração do local que celebra a diversidade artística (alguns itens usados, como porta copos por exemplo, exibem periodicamente obras de diversos artistas da cidade). Os objetos espalhados pelo local trazem marcas sutis da alegria e humor espontâneo difundidos através da cultura LGBT. Legal é ver o local sendo frequentado por um público muito diverso, criando na gente ainda mais forte a marca do local: a beleza do diverso.

E a comida é boa – o que claro, é muito importante, não vamos esquecer que é um restaurante. Com várias opções de hamburger (inclusive  para vegetarianos), o cardápio divertido (com pratos e drinks que fazem referência a famosos memes) tem construções muito agradáveis. Eu comi o Market Street e adorei – Hamburger ao ponto e um bacon crocante memorável (R$28,00). A maionese da casa é apaixonante. A sobremesa que experimentei foi a “Nhaí” – torta de maçã com sorvete (R$16,10), também gostosa, só senti falta de mais maçã e menos açúcar.

Um lugar que conta uma história e nos faz experimentá-la junto com uma comida boa. Perfeito.

Castro Burger – Rua Joaquim Távora, 1517, Vila Mariana, São Paulo – SP.

www.castroburger.com.br

Nhaí – Torta de maçã com sorvete.

 

Anúncios

Zeffiro (São Paulo) – Comida italiana boa com preço justo em ambiente charmoso e gentil.

Num casarão do final do século 19, com uma fachada discreta na rua Frei Caneca em São Paulo (lembrando uma casa na Toscana), esconde-se o agradável e aconchegante Zeffiro – um restaurante encantador que serve uma comida boa por preços justos. Um cardápio interessante e amplo agrada muitos gostos. Ambiente delicado, cheio de detalhes que nos fazem sentir o artesanal e afetuoso que compõe uma refeição. Adoro os objetos decorativos do salão, as fontes perto do banheiro lembrando as inúmeras fontes de Roma, os quadros/fotografias do corredor de entrada, a gentileza dos garçons e  a comida boa, bem feita, que comemos e ficamos felizes por comer. Para um jantar romântico ou para qualquer outra ocasião em que quiser uma comida boa, sem gastar muito e em um ambiente fofo.

A localização do restaurante é ótima, fácil de chegar de diversos meios, fica em um trecho tranquilo da Rua Frei Caneca. Costuma estar um pouco mais cheio após as 21:00 (fui entre sextas e sábados, a referência é desses dias). Para iniciar sua refeição: Bruchette. São incríveis, adoro elas e sempre peço como entrada. A de legumes você não espera muito ao pedir, mas quando vem você reconsidera, também são ótimas. Minha preferida é a Napolitana (R$22,00) – peça uma que serve tranquilamente 2 pessoas.

As massas da casa são incríveis! Um destaque especial ao prato da foto que inicia o post: Tortelloni de carne assada com molho de tomate e manjericão (R$33,00) – perfeito e exato, o melhor que comi lá.

As sobremesas são muito boas também. Adoro a delicada e leve Panna Cotta (R$12,00) e a avassaladora e intensa Torta Gianduia (R$15,00):

Vale muito a pena uma visita, mais uma grata surpresa que São Paulo, com tantos cantos lindos, nos traz. Dica: O Restaurante não tem vallet, mas quase ao lado do restaurante tem um estacionamento que por um preço (justo) a mais lavam seu carro, adoro a ideia de unir o útil ao agradável.

Zeffiro Restaurante

Endereço: Rua Frei Caneca, 669, Consolação – São Paulo

Site: www.zeffiro.com.br

 

 

Restaurante Ruella (São Paulo) – Elegante – mas uma elegância ampla que você precisa entender melhor.

Elegância. É a melhor palavra para começar a falar do Ruella. Mas você precisa entender o que compreendo por elegância: Elegância é o que nos faz sentir incríveis – quando alguém ou uma experiência é delicada em cada detalhe com você, acolhedora, gentil, sorridente e doce. Quando algo te faz sentir importante e especial. Ser elegante é evocar um sentimento de conforto e amor incrível em uma pessoa, algo cheio de vida e entusiasmo. O Ruella é elegante. A roupa e o sorriso dos garçons são elegantes, as mesas são, as flores pendentes no teto, a comida (ah, a comida…) é muito elegante, as luzes, a toalha de mesa que você pode desenhar ou escrever algo lindo, as músicas. Muito elegante, a elegância que vem de quando somos servidos e tratados de um modo que nos faz sentir amados e sensacionais. Dá vontade de sentir isso para sempre.

O Ruella é um dos restaurantes franceses mais charmosos e completos que já conheci. Tem tudo que você precisa para ter uma noite mágica. Ele é chique e tem muita vida – chique pra mim funciona quando é assim, com vida e entusiasmo! Um restaurante com preço completamente justificável pela qualidade de tudo que se experimenta lá. Romântico, muito agradável e aconchegante, vale super a pena. O Ruella tem 3 unidades em São Paulo (Ruella da Vila Olímpia, Ruella de Pinheiros e o Ruella Mario Ferraz) o que eu fui foi no Mario Ferraz.

De entrada pedi o bolinho de risoto recheado com gorgonzola e servido com geléia de pimenta bem picante (R$38,80). Incrivelmente bom, muito mais do que se espera de um bolinho. Só achei a geleia muito picante, quebra um pouco, mas é boa.

Na sequência pedi o Salmão ao molho missô com purê de mandioquinha e ragú de cogumelos ao shoyo (R$51,20). Muito, mas muito bom, de comer rezando! Um prato elegante da apresentação ao sabor que proporciona.

De sobremesa provei o Gateau au chocolat servido com chantilly e bisquit de laranja (R$24,80). Uma gracinha de bom!

Um dos melhores (se não o melhor) restaurante francês em São Paulo. Uma experiência alegre, com muita vida, muito, muito indicado!

Ruella

Site: www.ruella.com.br

L´Amitié Restaurant – O romantismo e toda “élégance” francesa em São Paulo.

 

img-20160430-wa0010

Saint Peter ao molho de maracujá e risoto de ervilhas frescas, completamente refrescante!

Charmoso e com fachada fofa, o L’Amitié é um restaurante francês em São Paulo extremamente romântico. Numa ruazinha apertada do Itaim, a casa tem tom delicado, num sobrado aconchegante e intimista. A comida é interessante, clássicos bem feitos atendem a expectativa de ir comer uma comida francesa. O chef francês Yann Corderon combina com precisão o que se pode e se deve combinar. O restaurante é definitivamente mais romântico a noite que de dia. É um endereço “chique” da categoria, há modos mais em conta de se provar comida e atmosfera francesa boa em São Paulo (a média por pessoa fica em torno de R$110,00), mas o aconchego e “élégance” é uma experiência classuda diferente, considero que vale a pena, porque é ambiente somado a comida de qualidade, bem feita.

img-20160430-wa0009

Mil folhas de Beterraba e queijo de cabra com mesclado de folhas e pesto. Delicioso!

img-20160430-wa0014

Crepe de Morango  – o melhor prato desse dia! Absolutamente envolvente!

 

L´Amitié Restaurant

  • Endereço: Rua Manuel Guedes, 233 – Itaim Bibi – São Paulo – SP
  • Telefone: (11) 3078 5919
  • Permite levar vinhos (taxa de R$50,00), tem manobrista (R$25,00).
  • Média de preço: Jantar completo por pessoa: Em torno de R$100,00.

Faire La Bombe – Uma das melhores bombas de São Paulo.

20160430_121158

A delicadeza e sabor quase alucinógeno da confeitaria clássica boa, ambiente delicado ao mesmo tempo que com sutis traços rústicos, um atendimento feliz, que te entrega bombas, sorriso e cordialidade – a soma de elementos que proporcionam uma experiência gastronômica com alma e afeto. Recentemente tive a grata surpresa de conhecer O Faire La Bombe – Uma pâtisserie em São Paulo especializada em bombas – a explosiva éclair! Sabores inusitados, qualidade e preço justo a tornam um local para visitar e revisitar!

20160430_121205

Bomba de Amêndoas e de Mirtilo – detalhe ao prato rústico em que são servidas – contrastando a delicadeza – achei lindo. Isso é poesia.

Combinações muito legais não nos deixam entediados na hora de escolher! A bomba de Mirtilo faz a gente suspirar – com o frescor da fruta fresca e o tom do mascarpone – apaixonante, gostei muito.

20160430_130557

Bomba Salgada de Tomate Seco.

Você encontra lá Bombas Salgadas – eu nunca tinha provado, achei boa. Prefiro as doces mas gostei.

Vale a pena conhecer!

  • Site: http://www.labombe.com.br/
  • Endereço: Rua dos Pinheiros, 223, Pinheiros, São Paulo (Próximo ao metro Fradique Coutinho).

20160430_121154

 

Bistrot de Paris – Perfeitamente francês.

IMG-20160313-WA0005

Coquelet Rôti

Escondidinho em uma encantadora viela na Rua Augusta em São Paulo, o Bistrot de Paris proporciona uma experiência perfeitamente francesa – atendimento suficientemente elegante e comida impecável, com preparos exclusivos da casa que marcam uma gastronomia curiosa, alta e absolutamente prazerosa. A delicadeza e precisão dos sabores dos pratos do chef Alain Polleto atingem diretamente nossa alma. Eu me senti fantástico após comer nesse lugar. Comer é pra trazer felicidade, então tudo foi como devia ser.

O atendimento não tem uma prestatividade exagerada, mas isso é um tom francês que oferece um charme a mais ao local. O ambiente é agradável e decorado de modo suficiente, proporcionando um ar sutil que acompanha muito bem a experiência toda. Há xícaras de café com flores nas mesas – isso me prendeu a atenção, é de uma delicadeza linda.

A comida dispensa narrações. Gostei muito do equilíbrio dos ingredientes, dos tons e combinações. A Entrée Gourmande (R$52,00) é uma excelente opção de entrada (serve 3 mais ou menos), nela é possível experimentar uma combinação de pratos marcantes da casa, destaque ao maravilhoso foie gras e ao paté de campagne – terrine suína de cair o queixo de tão bom.

IMG-20160313-WA0011

Entrée Gourmande

O Coquelet Rôti (R$46,00) é um prato de sabores sutis, no qual todos os ingredientes são notados – Galeto assado ao molho de mel e alecrim, polenta mole de savoie ao bacon e tomate provençale.

IMG-20160313-WA0007

Boeuf Bourguignon

O Boeuf Bourguignon (R$52,00) é intenso e saboroso, uma excelente versão do clássico ensopado de carne francês. Acompanha um purê – que não me aparentou ter nada demais, mas era gostoso, sendo um bom coadjuvante.

IMG-20160313-WA0006

Tarte Tatin

A sobremesa finalizou a noite nos fazendo querer agradecer pela vida e pelo sentido do paladar: Uma Tarte Tatin (R$20,00) muito, mas muito boa! Noite feliz, agradável e que será repetida. Vale muito a pena!

  • Endereço: Villa San Pietro, Rua Augusta, 2542, Jardins, São Paulo.
  • Contato: (11) 3063-1675
  • Site: http://www.bistrotdeparis.com.br/

 

IMG-20160313-WA0012

L’Entrecôte de Paris (São Paulo) – Excelente clássico francês com toda classe que merece.

20160415_225105

Atendimento elegante e feliz é diferente de atendimento apenas elegante. O L’entrecôte de Paris oferece aquele que é elegante e feliz – a entusiasmada prontidão e esforço de uma equipe toda para fazer você se sentir ótimo. Comida boa de verdade, com poucos elementos mas BOA. O crème caramel mais correto que já comi. Charme, música adequada, preço justo. Uma grata surpresa conhecer o L’entrecôte de Paris em São Paulo (Unidade Itaim). Inclusive ele está participando do Restaurant Week em São Paulo (clique aqui e conheça o que é o evento)! Esse é o último final de semana do evento, da tempo de aproveitar!

IMG-20160428-WA0006

Um restaurante de um único prato (como é na França). Um corte de carne perfeito, suculento, saboroso, coberto com um molho misterioso (e maravilhoso) que é feito com 21 ingredientes e leva 36 horas de preparo, acompanhado de batatas fritas boas, crocantes e delicadas. É um prato que pode sim ser o único do restaurante, ninguém precisa de mais para ser feliz. O prato custa em torno de R$65,00 – o valor inclui uma sala de entrada – delicada e gostosa – batatas fritas e o molho são servidos à vontade.

IMG-20160428-WA0010

A cheesecake é boa, delicada e sutil. Agora o crème caramel é algo sensacional, o mais correto em termos de textura que já comi, vale muito a pena. Pratos simples mas extremamente bem feitos, muito aprovado.

Vale ressaltar que o L’entrecôte de Paris foi citado na primeira edição (2015) do guia Michelin no Brasil, que avaliou restaurantes em São Paulo e Rio de Janeiro. O restaurante não ganhou estrela, mas foi citado em uma categoria que classifica lugares com comida boa e bons preços.

É uma doce experiência comer nesse local. Ser bem tratado, com sorrisos e entusiasmo, te faz sentir a alegria de viver. E a comida te faz feliz. Comida é pra fazer feliz e despertar emoção, e aqui isso acontece. Super indicado!

La Guapa – Empanadas Artesanais & Café – Lugar para sentir-se abraçado em São Paulo.

IMG-20160409-WA0021

Acolhimento, café no quintal de casa, amor. Esses 3 elementos definem uma visita ao La Guapa na Alameda Lorena, em São Paulo (comandado pela intensa e delicada chef Paola Carosella). As cozinheiras (que trabalham na visão do público) e as atendentes nos recebem de uma forma próxima, nos chamam pelo nome (o que faz toda diferença), nos acolhem de algum modo, inclusive gestual, que nos fazem criar ternura por elas, ao ponto de na hora de sair sentirmos vontade de dizer um tchau caloroso, abraçá-las de volta. As empanadas saborosas, úmidas, recheadas de verdade, contando a história da América Latina. O sorvete  de doce de leite artesanal de verdade – o mais emocionante que comi na vida.  O ambiente aconchegante que lembra o quintal de casa. Todos esses são os motivos que tornam obrigatória uma visita ao La Guapa. Comer é encontrar amor em algo, ou em alguma coisa. No La Guapa a gente encontra.

IMG-20160409-WA0024

As empanadas tem uma massa de lembrar pra sempre, tostadas de forma linda. Os recheios são sem miséria, fartos e presentes no total da empanada. Frescos – o frescor dos ingredientes é notável. Muito inspirador são os diferentes recheios das empanadas, cada um trazendo aspectos de um canto da América Latina. Minhas preferidas foram a Salteña e a Cremosa de Espinafres – de chorar de alegria! As empanadas custam R$6,90, há combinados interessantes que valem a pena – como um combo com 1 empanada, 1 sorvete ou 1 alfajor e 1 café, que sai por R$15,00.

IMG-20160419-WA0020

O sorvete artesanal de doce de leite é mágico. Artesanal de verdade, com sinceridade e amor. Vale a pena cada colherada. Adorei inclusive a louça da casa, remetendo ao aconchego, simplicidade e família. Até a louca do local abraça a gente. Melhor lugar! Vale muito a pena! Existem 2 unidades do La Guapa em São Paulo, confira detalhes no site:

Clique aqui e acesse o site do La Guapa

Quer aprender a fazer Empanadas e se aventurar no sabor da América Latina? Clique aqui e veja receita! 

IMG-20160409-WA0028

Dinneer: a nova plataforma de “jantares compartilhados” inova e dribla a crise.

banneer-dinneer-01

“Ser o Airbnb dos jantares, e também o maior restaurante do mundo sem ter nenhum restaurante”. É assim que Flavio Estevam define sua nova startup, o site  www.dinneer.com, lançado em julho de 2015 já conta com mais de 1.400 anfitriões em todo o Brasil.

“O Dinneer é um site que conecta pessoas que amam novas experiências gastronômicas com anfitriões que oferecem almoços e jantares exclusivos em suas casas em todo o Brasil. O Dinneer é para um restaurante o que o Airbnb é para um hotel. Nosso objetivo é unir de um lado os anfitriões, que são pessoas apaixonadas por gastronomia, que adoram cozinhar e receber as pessoas em casa, e visitantes, que são moradores locais e turistas estrangeiros apaixonados por experiências gastronômicas únicas e diferentes das tradicionais”, ressalta Estevam.

A ideia surgiu da observação do fundador Flavio Estevam nas redes sociais, principalmente Facebook e Instagram, que diariamente são invadidas por fotos de pratos de comida, ele observou os comentários de pedidos que incluíam convites para degustar a comida na casa do cozinheiro. Estevam também se inspirou no site estrangeiro Airbnb. “O diferencial é que o Dinneer vai além de um simples jantar, oferecemos o acesso a experiências únicas, principalmente para turistas que vivenciam uma experiência gastronômica local muito mais rica do que teria em um restaurante tradicional.

“O Dinneer chega ao Brasil surfando na crise econômica e incentivando pessoas comuns com diversas profissões a inovar e aumentar a sua renda mensal fazendo o que ama, compartilhar seu próprio almoço ou jantar e ainda fazer novos amigos”, diz Estevam.

Estevam ressalta que já foi procurado por investidores para aumentar o alcance da plataforma e diz que até Julho de 2016 todos os estados do Brasil terão anfitriões. Além de investidores, também já fomos procurados por uma associação de restaurantes que quiseram entender melhor o conceito dos jantares compartilhados, pois começam a se sentir ameaçados assim como os taxistas contestam o Uber. ” Afirma Estevam

Como tanto falo aqui no blog, uma experiência gastronômica tem sempre um laço afetivo e cultural, que muitas vezes ignoramos ou não temos tempo de notar. A ideia que o Dinner propõe é experimentar um ambiente onde a comida é artesanalmente feita, entrar em contato com a cultura de um local e de uma casa, sentir a alma da comida e das pessoas que a fizeram. Inovador, encantador e sensível, estou super curioso para testar!

interna2

La Tartine Bistrô – Um portal para acessar Paris em São Paulo!

IMG-20151025-WA0027

O elegante cardápio.

Entrar no La Tartine, olhar para os quadrinhos nas paredes, as luminárias, as mesinhas magrinhas bem próximas umas das outras, sentir o perfume encantador da cozinha (suspiros, de amor) foi uma experiência de fato francesa. A minha sensação ao entrar no La Tartine é de atravessar um portal e chegar em Paris. Sem modas vazias, exageros luxuosos ou complexidade, a casa apresenta uma autêntica identidade parisiense, além de ter preços ótimos, completamente justos. Elegante, simples e autêntico – Meu bistrô preferido em São Paulo!

IMG-20151025-WA0034

A fofa fachada – Mas que gracinha…

Algumas casas francesas em São Paulo pecam por não atingirem uma identidade cultural do prato que servem, já no La Tartine encontramos de fato uma identidade francesa – Decoração completamente charmosa, sem se ater a luxos desnecessários que encareceriam inutilmente o restaurante e pratos gostosos, marcantes e perfumados.

IMG-20151025-WA0024

Os vinhos da casa tem preços muito bons para a região, não tem os preços exorbitantes que os restaurantes costumam ter. Você pode pagar R$49,00 por uma garrafa de um bom vinho. A casa tem um cardápio pouco extenso mas que eu considero suficiente. As quiches  são maravilhosas, uma massa que fica totalmente harmoniosa com o recheio, bem integrada à ele, custam cerca de R$36,00 e vem acompanhadas de uma salada verde servida com um molho de mostarda e nozes divino (as vezes o molho da salada fica a venda no caixa).

IMG-20151025-WA0021

Crème Bûlée

As sobremesas são bem gostosas e bem servidas, amei o Mil Folhas de lá e o Crème Brûlée (que é bem servido, se estiver cheio peça um para dividir com alguém). Custam em média R$14,00.

IMG-20151025-WA0061

Foto de espelho com os queridos que nos apresentaram esse lugar lindo em São Paulo!

Uma visita que vale muito a pena! Eu adoro! Uma amiga querida que também tem Paris na alma que me levou lá a primeira vez, ela não poderia ter acertado mais.

Dicas importantes para a visita:

  • Vá ao banheiro pelo menos uma vez para passar em frente a cozinha e sinta o perfume dela – sensacional.
  • Se você como eu gosta muito da cultura francesa, ao menos uma vez feche os olhos e abra sutilmente, respirando o ambiente com sua alma – Porque é preciso mergulhar afetivamente na experiência.

Bon appétit!