Pancakes (Panquecas americanas doces)

A melhor receita de pancakes que já fiz. Diferente da que ensinei por aqui há alguns anos, aprendi essa mês passado e agora é a que farei – às vezes faz muito sentido abandonar receitas antigas quando uma melhor surge – a não ser que você tenha um bom motivo afetivo para nunca abrir mão de uma receita, aí tudo bem, porque nem sempre queremos melhorar tecnicamente receitas, coisas ou pessoas, que já nos dão tanto sendo como são, com seus pequenos aceitáveis defeitos. Me perdi no caminho afetivo da legenda, como sempre, vamos lá:

Obs: Aprendi essa receita com @joshuaweissman , e agradeço muito por isso. Adaptei algumas medidas para facilitar fazer por aqui.

Rendimento: Cerca de 9 pancakes pequenas

Ingredientes:

  • 1 e 1/2 xícara de chá de leite (360 ml)
  • 1 ovo
  • 2 xícaras de chá cheias de farinha de trigo (280g)
  • 5 colheres de sopa de açúcar (cerca de 55g)
  • 1 colher de chá não tão cheia de sal
  • 1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 colher de sopa não tão cheia de fermento em pó (10g)
  • 2 colheres de sopa de manteiga derretida (20g)

Modo de preparo:

Em uma tigela, usando um fouet, misture bem o ovo com o leite. Em outra tigela, misture a farinha de trigo, o açúcar, o sal, o fermento e o bicarbonato.

Junte os ingredientes molhados nos secos, misturando enquanto coloca. Junte a manteiga e incorpore. Deixe descansar 5 minutos.

Aqueça uma frigideira antiaderente no fogo médio e unte ela com manteiga, sem deixar excesso, apenas untada mesmo. Coloque então uma porção da massa na frigideira, cerca de 1 concha não tão cheia (ou do tamanho que preferir suas pancakes), deixe cozinhar por 2 minutos ou até dourar embaixo e bolinhas começarem a surgir em cima. Então vire a pancake e deixe cozinhar mais 2 minutos.

Sirva como quiser, com mel, geleias… meu jeito favorito é fazer uma torre bonita, colocar pedacinhos de manteiga e cobrir com maple syrup (maple syrup me lembra outras horas, felizes, geladas e boas, em Toronto). Do lado um café passado maravilhoso. Um dia que começa assim já deu certo, mesmo que todas as horas seguintes do dia deem errado, essa já faz valer ter acordado.

Como fazer Quiche Lorraine – a clássica francesa

20190128_211837

Uma gracinha da culinária francesa que tem um pezinho na Alemanha (“Quiche” vem da palavra alemã “Kuchen” que significa “bolo”). É um prato tradicional de Lorena, região francesa que faz fronteira com a Alemanha. Ela é simples e sem segredos, basicamente massa, ovos e bacon, tradicionalmente não vai queijo, mas acho incrível colocar. O mais interessante pra mim da quiche é a versatilidade – além de poder criar mil opções de recheio, quiche é uma coisa que cai bem para tantas ocasiões: você pode fazer uma quiche pro almoço descontraído, pro jantar elegante, pro café da manhã, pra mãe, pra amiga,  pra inimiga, pro crush ou pra você só mesmo comer de tarde assistindo Friends. Essa princesinha francesa é pau pra toda obra e eu amo isso.

Ingredientes:

Massa:

  • 90g de manteiga amolecida
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1 colher de café de sal
  • 1 xícara e meia de farinha de trigo
  • 2 gemas
  • 2 colheres de sopa de água gelada

Recheio:

  • Bacon cortado em cubos (o quanto você desejar – o ideal é aproximadamente 150g).
  • 4 ovos
  • 2 gemas
  • Claras (para pincelar a massa).
  • Aproximadamente 300g de creme de leite
  • 1 colher de chá de sal
  • Pimenta do reino à gosto
  • Noz-moscada à gosto
  • Aproximadamente 300g de algum queijo ralado (uso gruyère ou emmental, mas muçarela também serve) – originalmente a quiche não vai queijo! Mas eu amo colocar. É totalmente opcional.

Modo de preparo:

Comece pela massa: Misture a manteiga com o açúcar e o sal, até ficar assim:

20150118_101543

Acrescente então a farinha, as gemas e a água gelada. Misture tudo com as mãos, se a massa ficar muito quebradiça coloque mais colheres de água gelada. Após isso faça uma bola com a massa, coloque sobre um papel filme e cubra a massa completamente com ele. Deixe então descansar na geladeira por 1 hora.

A massa pronta para ir descansar na geladeira por 1 hora.

A massa pronta para ir descansar na geladeira por 1 hora.

Depois do descanso retire a massa da geladeira, abra ela com um rolo (ou se preferir com as mãos) e forre uma forma de torta (de aproximadamente 25 cm de diâmetro), a forma precisa ter uns 3 cm de profundidade pelo menos, pra não derramar o recheio. Depois de ajeitar a massa na forma pincele com a clara dos ovos, e então coloque na geladeira enquanto prepara o recheio.

Pré-aqueça o forno à 190 graus. Doure o bacon numa frigideira, retire e coloque sobre um papel toalha, reserve. Bata de leve em uma tigela (com um fouet) os ovos e as gemas, junte o creme de leite, o sal e os temperos (cuidado para não exagerar na noz-moscada, meia colherzinha de café é suficiente!). Bata para misturar tudo.

Retire a massa da geladeira e espalhe o bacon sobre ela. Se for colocar queijo, essa é a hora de espalhar ele todo sob o bacon. Se você quiser pode colocar mais coisas no recheio (desse modo não será mais uma Quiche Lorraine tradicional, mas será a sua Quiche Lorraine, criativa e reinventada! Uow!). Eu gosto de por presunto, às vezes cogumelos… enfim.

Após isso acrescente a mistura de ovos e então coloque no forno.

Asse por cerca de 50 minutos, ou até o recheio ficar firme e dourado. Prontinho! Sua espetacular Quiche Lorraine está pronta!

A receita é para uma Quiche de 25 cm de diâmetro. Se quiser maior dobre proporcionalmente os ingredientes e faça do mesmo modo.

Bon Appétit!