Como fazer a verdadeira massa de pizza italiana! Melhor receita!

20180916_130545

Nessa opção de recheio, após dar a pré-assada na massa (detalhes abaixo) coloco molho de tomate caseiro (link da receita dele abaixo também), queijo e molho pesto de rúcula (que ensino abaixo a fazer), depois levo ao forno para assar até derreter todo queijo e dourar as bordas. 

Os vestígios históricos de um prato sempre trazem a história da civilização humana em sua composição. Há 6 mil anos, no antigo Egito misturaram farinha e água – O inicio do que viria a se tornar o alimento mais popular no mundo. Os gregos também passaram a fazer massas à base de farinha de trigo, arroz e grão-de-bico e assaram em tijolos quentes. Um tempo depois essa “massa” virou um alimento muito comum no sul da Itália, principalmente para pessoas muito pobres, visto sua simplicidade de preparo – a massa sempre foi o alimento de todas as “massas”. Só então mais tarde, em Nápoles, passaram a acrescentar molho de tomate e orégano na massa, os mais ricos também colocavam queijo e pedaços de linguiça, daí então nascia “a vera napoletana”, a pizza. Farinha, água, fermento, azeite e sal – é o que você precisa para fazer a verdadeira pizza italiana! Veja abaixo a receita da melhor massa de pizza que você já experimentou!

Ingredientes:

  • 1Kg de farinha de trigo
  • 600ml de água morna
  • 6 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 2 colheres rasas de sopa de açúcar
  • 25g de fermento biológico
  • 20g de sal

Modo de preparo:

Coloque a farinha em uma tigela grande, depois que despejar a farinha, faça um buraco no centro. Em um recipiente pequeno (de vidro, pode ser um copo), coloque um pouco da água morna,  acrescente o fermento e o açúcar e dissolva tudo muito bem, então coloque essa mistura no centro da farinha.

IMG-20150705-WA0052

O fermento é poesia.

Agora, em um outro recipiente de vidro (outro copo), coloque mais um pouco da água morna, adicione o azeite de oliva extra virgem e o sal e acrescente também na mistura da farinha, então comece a misturar tudo, primeiro com uma colher de pau, até o liquido se incorporar mais, depois com as mãos.

Acrescente o restante da água e vá amassando – Mantenha perto de você um pouco de farinha e água morna, para trabalhar a massa da pizza até atingir a consistência desejada, que deve ser macia e elástica (dependendo da farinha utilizada e da umidade dela, pode ser que se use menos ou mais água). Sove, coloque ar na massa – por pelo menos 6 minutos – a massa deve ficar macia e elástica, não pode ficar seca, é muito importante para que ela abra da forma adequada e fique correta! Então não exagere na farinha para não estragar a umidade da sua massa!

Quando terminar de trabalhar a massa faça uma bola com ela, polvilhe uma tigela grande com farinha e coloque a massa dentro, cubra com um pano úmido e meio morno (umedeça um pouco um pano de prato e coloque no microondas uns segundinhos que você terá um), e então deixe descansando por 1 hora ou 1 hora e meia em um ambiente sem correntes de ar (um forno desligado, por exemplo).

Depois do descanso está pronta! Daí é só abrir seus discos de pizza. Separe a massa em bolas (cada uma será um pizza), o tamanho depende de você. Então polvilhe um pouco de farinha onde for abrir a massa e comece, com um rolo, a abrir ela, do centro para as bordas. Se sua massa estiver na umidade certa será fácil abrir, naturalmente a bordas vão ficando com mais massa e o centro mais fino. Deixe a massa na espessura de seu desejo – para uma pizza de massa mais fina ou grossa.

Após abrir sua massa, antes de rechear, asse ela em forno pré-aquecido à 200 graus por cerca de uns 8 ou 10 minutos – não muito, apenas para pré-assar. Depois tire do forno e recheie ela a seu gosto!

Dicas para seu recheio:

E eu tenho a receita do melhor molho de tomate caseiro do mundo para você por na sua pizza e ter em casa a vera napoletana! Clique aqui e veja a receita dele! O molho é muito importante, ele ajuda a construir muito o sabor da pizza, trazendo também a umidade adequada. Então invista tempo para fazer em casa um saboroso molho caseiro, vale a pena! Uso esse molho como base para meus três recheios preferidos:

A emocionante Margherita: Após pré-assar a massa, coloque molho de tomate e o queijo de sua preferência (sempre uso muçarela) e então leve ao forno até derreter o queijo e dourar as bordas. Retire do forno e finalize com manjericão fresco –  sinta o sabor de Napóles!

A potente Toscana: Nessa após pré-assar a massa, você coloca molho de tomate , calabresa (moída ou em rodelas) e queijo (uso também muçarela). Finalize com orégano e leve ao forno até derreter o queijo e dourar as bordas.

A inconfundível pizza de queijo com pesto de rúcula – Para essa, também após pré-assar a massa, coloque molho de tomate, queijo e finalize com porções de pesto de rúcula espalhadas por cima da pizza – o pesto de rúcula você faz assim: Bata no liquidificador folhas de rúcula higienizadas com nozes, sal, pimenta, limão e azeite – as quantidades variam de acordo com a consistência que você deseja, mas é legal que fique uma pastinha não muito grossa. Coloco em média para um maço médio de rúcula meia xícara de chá de azeite, uma colher de sopa de nozes, caldo de meio limão, sal e pimenta até ficar do meu gosto.

 

20180916_131446

Essa é a linda Toscana! 

Buon appetito!

 

Anúncios

3 comentários sobre “Como fazer a verdadeira massa de pizza italiana! Melhor receita!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s